Manifestantes protestam contra lockdown em frente à CLDF

GDF adotou restrições por 15 dias, para conter avanço da pandemia do coronavírus e reorganizar a rede de Saúde para tratamento de pacientes

atualizado 02/03/2021 19:46

Igo Estrela / Metrópoles

Manifestantes protestam contra o lockdown, em frente à Câmara Legislativa (CLDF), na tarde desta terça-feira (2/3).

Diante do agravamento da pandemia do novo coronavírus, o Governo do Distrito Federal (GDF) determinou medidas restritivas em Brasília, exceto para serviços considerados pelo Executivo local como essenciais e de baixo impacto.

A restrição de atividades gerou um intenso debate no DF. Parte da população é favorável, enquanto outra parcela é contrária ao fechamento do comércio.

Confira o protesto:

 

0

O lockdown começou no domingo (28/2). Segundo o GDF, a restrição será, a princípio, de 15 dias. Caso a pandemia seja controlada, poderão ocorrer flexibilizações ao longo desse período.

A deputada distrital Júlia Lucy (Novo) propôs a derrubada do decreto do GDF que determinou lockdown. Não houve consenso para a votação nesta terça-feira (2/3), mas o tema ainda será debatido pelos parlamentares.

Últimas notícias