Acusado de balear criança de 3 anos na cabeça deve cumprir 12 anos preso

Crime ocorreu em Santa Maria, no dia 10 de fevereiro de 2018. Daniel Gustavo Ferreira Lima estava preso desde março daquele ano

atualizado 27/11/2020 17:01

Reprodução

Daniel Gustavo Ferreira Lima, 21 anos, foi condenado, nessa quinta-feira (26/11), a 12 anos e 10 meses de prisão pela tentativa de homicídio de três pessoas, uma delas Sther Laís de Jesus, na época com 3 anos. O autor do crime ainda teve a pena agravada por motivo torpe, perigo comum e recurso que dificultou a defesa das vítimas, com erro de execução, que resultou no tiro que atingiu a menina na cabeça.

O crime ocorreu em fevereiro de 2018, em Santa Maria, e Daniel foi preso um mês depois. O acusado era membro de uma gangue.

Daniel diz que não ter sido o responsável pelos tiros, não conhecer as vítimas e não saber por qual motivo é alvo do processo.

Conforme o juiz presidente do Júri de Santa Maria, no entanto, “o condenado não só agiu com dolo direto, mas imbuído de exacerbado propósito homicida”.

Segundo aponta a denúncia feita pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), Daniel saiu atrás das vítimas, em plena via pública, repleta de crianças, e efetuou diversos disparos de arma de fogo, inclusive enquanto as vítimas tentavam fugir, atingindo a pequena Sther.

O magistrado ressaltou também que a criança sofreu consideráveis sequelas decorrentes do crime. Hoje, com 6 anos de idade, ela apresenta debilidade permanente no braço e perna direitos, tendo apenas parcial autonomia locomotora.

Cabe recurso da decisão, mas Daniel continuará preso.

0

Últimas notícias