Jovem de 18 anos é baleado no rosto em BRT ao voltar do Carnaval no DF

O tiro partiu de um segurança, que foi levado para a delegacia. Disparo teria sido efetuado durante atos de vandalismo

PMDF/Divulgação

atualizado 06/03/2019 8:01

Um jovem de 18 levou um tiro no rosto, nessa terça-feira (5/3), na estação do BRT na QR 119 de Santa Maria. No momento do disparo, efetuado por um segurança, vândalos quebravam as vidraças do terminal utilizando um martelo de emergência furtado de um ônibus. A polícia não confirmou se a vítima, identificada como Jhordan Maxwell Alves, participava da depredação ou se era apenas um passageiro à espera de transporte, mas informou que o rapaz voltava das festas de Carnaval.

Segundo o sargento Wagnewton Lopes, a Polícia Militar foi acionada pelo serviço 190. Conforme explicação do denunciante, o local seria palco de uma troca de tiros entre criminosos e vigilantes. Ao chegarem à estação, a PM encontrou o jovem ferido com um tiro próximo à boca e cerca de 30 curiosos ao redor dele. Testemunhas relataram que o vigilante havia sido o responsável pelo disparo.

“O vigia estava acuado na sala onde fica o cofre do BRT. Nós apreendemos a arma dele, que estava com quatro munições intactas e uma deflagrada, recolhemos três testemunhas e levamos para a delegacia. Todos prestaram depoimentos e foram liberados”, contou o militar ao Metrópoles.

O segurança relatou aos policiais que viu os vândalos quebrando a estação e acreditou se tratar de homens armados realizando um assalto. Ele deu apenas um tiro, que acabou atingindo um deles.

De acordo com a PM, Jhordan acabou de completar 18 anos e não tinha passagens pela polícia. O rapaz recebeu os primeiros socorros do Corpo de Bombeiros e, em seguida, foi levado para o hospital. A vítima não corre risco de morte.

Últimas notícias