Izalci Lucas ainda não foi às ruas por atraso no material de campanha

Imbróglio na Justiça Eleitoral causado por Paula Belmonte para concorrer pela federação PSDB-Cidadania atrasou confecção de materiais

atualizado 19/08/2022 22:29

Senador Izalci Lucas, candidato ao governo do Distrito Federal concede entrevista para o MetrópolesMatheus Veloso/Metrópoles

No quarto dia da corrida eleitoral, o candidato ao cargo de governador do Distrito Federal, senador Izalci Lucas (PSDB), ainda não realizou nenhuma caminhada por comércios distribuindo panfletos e adesivos. A disputa na Justiça Eleitoral criada por Paula Belmonte tentando sair como candidata na federação PSDB/Cidadania acabou atrasando a confecção de bandeiras e adesivos o que impediu um começo imediato do contato com os eleitores nas cidades.

Dessa forma, ao contrário de outros concorrentes como Leandro Grass (PV), Leila Barros (PDT) e Ibaneis Rocha (MDB), Izalci ainda tem realizado apenas reuniões com correligionários e agendas com menor público.

Nesta sexta-feira (19/8), por exemplo, o senador participou de duas entrevistas, foi à posse de Cristovam Buarque na Academia Brasiliense de Letras (ABrL) e compareceu a um jantar da maçonaria. Único evento “no meio do povo” foi uma festa na Estrutural para prestigiar uma quadrilha junina.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

Apesar disso, Izalci não considera que está em qualquer desvantagem até o momento. “Primeiro que eu trabalhei os quatro anos na ruas, a gente não deixa para fazer apenas em época de campanha. Esse é o nosso diferencial, sempre fui de frequentar a cidade, fazer reuniões… Agora, praticamente acabamos de tirar nosso CNPJ, então para chegarmos com nossas propostas tem que botar no papel e precisa de toda essa burocracia”, explica.

Presidente, governador, senador e deputados: veja quem são os candidatos nas Eleições 2022

O candidato diz que uma outra forma de chegar às pessoas tem sido por meio dos veículos de comunicação. “Estamos apostando muito na comunicação, fiz entrevistas, vai ter o debate agora no Metrópoles. A gente precisa estar muito mais preparado para essas questões do que propriamente ir nos lugares que a gente já foi e continua indo”, destaca.

Neste sábado (20/8), Izalci terá a primeira agenda deste tipo em uma cidade do DF. Ele deve passar a manhã e tarde em Brazlândia visitando feiras, conselho tutelar e outros locais na cidade.

Mais lidas
Últimas notícias