*
 

O GDF liberou imagens de como vão ficar os desvios na região da Galeria dos Estados, onde, na última terça-feira (6/2), parte de um viaduto sobre a Galeria dos Estados caiu. O objetivo é devolver a fluidez a uma parte do trânsito, para quem quer acessar o Eixão Sul e a zona central de Brasília.

Os desvios devem ficar prontos depois do Carnaval e ser usados pelos motoristas até o fim das obras na região. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF) e a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) iniciaram a colocação de estruturas de escoramento para sustentação do segmento do viaduto que continua de pé.

Representantes do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Distrito Federa (Crea-DF) e do Sindicato dos Engenheiros da Construção Civil (Sinduscon) defenderam que a estrutura do viaduto do Eixão Sul seja completamente demolida. “O risco de escorar é imenso e ameaça a vida de trabalhadores. A melhor solução é demolir tudo”, defendeu Fátima Có, presidente do Crea-DF.

O desabamento
O acidente que apavorou a população da capital do país ocorreu por volta das 11h50 de terça (6). Dezenas de carros no Eixão Sul tiveram de retornar no meio da via, que foi interditada, após duas faixas do asfalto cederem.