Ibaneis prevê reabertura de 80% do comércio no DF em maio

Em reunião com representantes do segmento, governador afirma que isso seria possível se todas as medidas de segurança forem tomadas

atualizado 23/04/2020 20:15

Governador Ibaneis Rocha fala com a imprensa na saída oeste do Palácio do Planalto após conversa com o presidente Bolsonaro sobre reabertura das escolas e comércios. Fotos Igo Estrela/MetrópolesIgo Estrela/Metrópoles

Em reunião com representantes do setor varejista, o governador Ibaneis Rocha (MDB) afirmou que cerca de 80% dos estabelecimentos comerciais do Distrito Federal podem reabrir em maio. “Acho que a gente consegue colocar na consciência das pessoas a importância das medidas e, de uma forma gradativa e responsável, poderemos seguir abrindo o comércio”, apontou.

O fechamento para diversos segmentos, utilizado para evitar o contágio do novo coronavírus, está sendo suspenso aos poucos. E a maioria deve ocorrer em 3 de maio.

O governador condicionou a reabertura à obediência criteriosa das recomendações dos especialistas da saúde. O encontro foi realizado com mais de 10 organizações do setor, como Fecomércio, Sebrae e Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), que levaram propostas para a reabertura.

Uma das ideias indicadas pelos empresários diz respeito a horários diferentes de funcionamento. Isso evitaria as aglomerações e o impacto no sistema público de transporte.

O chefe do Executivo local disse que vai avaliar essas propostas junto com especialistas do governo. “Vamos levar todo esse trabalho para avaliação e acredito que 80% do que está aqui pode ser adotado.” Uma forma de fazer isso funcionar, segundo Ibaneis, é a abertura “regionalizada”.

“Podemos pensar em liberar naquelas cidades onde está mais tranquilo, e deixar fechado onde o risco for maior”, destacou.

Confira algumas propostas do setor:

0

Uma das medidas tomadas para nortear a reabertura é a testagem em massa. “Nós temos que identificar quantas pessoas estão infectadas para saber as medidas que tomaremos a partir do dia 3 de maio. Por isso, agora, o momento é de testagem em massa”, enfatizou o governador Ibaneis Rocha (MDB), no começo da semana.

Por isso, o emedebista adianta também que, a depender dos resultados dos exames, Águas Claras pode ter uma reabertura do comércio diferenciada. “A população intensa em condomínios ajuda na contaminação. Se houver o registro de uma contaminação muito grande, a reabertura no comércio lá pode ser diferente”, sinalizou Ibaneis, nessa quarta-feira (22/04).

Últimas notícias