Homem que diz fazer “limpeza espiritual” ofereceu doces a crianças e se masturbou na frente delas

Na delegacia, o suspeito falava de forma desconexa e disse que queria entregar o doce para a criança a fim promover uma sessão de descarrego

atualizado 19/08/2021 9:09

Delegacia de políciaDivulgação

Um homem foi preso pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) após tentar entregar doces para duas crianças, de três e cinco anos, e depois se masturbar de frente para a casa onde moram as vítimas, na quadra QE 13, no Guará I. O suspeito foi detido em flagrante por ato obsceno e levado para a 4ª Delegacia de Polícia (Guará), no último domingo (15/8).

De acordo as apurações policiais, um morador de rua identificado como Victor Vaz, 31 anos, se aproximou do imóvel onde as duas crianças brincavam no quintal e ofereceu um doce, que se assemelhava a uma rapadura. O pai dos meninos se aproximou e, rapidamente, tomou a iguaria da mão do homem e afastou as crianças, as levando para dentro da residência.

Em seguida, o suspeito arriou as calças e se masturbou, no meio da rua e em plena luz do dia. Os moradores acionaram a PMDF pelo telefone, que fez rondas na região e encontrou o abusador em um beco, próximo ao local. Na delegacia, Victor falava de forma desconexa e relatou que queria entregar o doce para a criança a fim promover uma “limpeza espiritual”.

Ele foi autuado por ato obsceno e assinou Termo Circunstanciado antes de ser liberado.

Últimas notícias