Vídeo: homem que se masturbou no trânsito é servidor aposentado da Saúde

O Metrópoles apurou que José dos Reis aposentou-se em setembro do ano passado, com salário de R$ 12,9 mil. A PCDF já o intimou

atualizado 18/08/2021 15:22

Reprodução

O homem flagrado praticando o crime de importunação sexual ao se masturbar dentro de um carro enquanto olhava para mãe e filha é servidor aposentado da Secretaria de Saúde. Por causa do abuso, o técnico em enfermagem José dos Reis Bernardes foi intimado a prestar esclarecimentos na 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul).

O caso aconteceu na última segunda-feira (16/8), por volta das 13h, na W3 Sul. O Metrópoles apurou que José dos Reis aposentou-se em setembro do ano passado, com salário de R$ 12,9 mil. Quando se masturbou, ele estava em um Hyundai Sonata.

Segundo o relato de uma das vítimas, o suspeito seguiu as duas com o carro e, quando chegaram a um sinal de trânsito, ele parou ao lado e começou o ato sexual, que durou poucos segundos. “Minha mãe que percebeu e me alertou. Muito triste”, declarou a moça, que registrou ocorrência por meio da delegacia eletrônica.

“Esse é o tipo de cara que estupra, que pode ser até pedófilo. Sério, que nojo. Como é possível que ainda existam pessoas que façam isso?”, lamenta a jovem.

Assista:

De acordo com a Lei nº 13.718, de 24 de setembro de 2018, quem praticar contra alguém e sem a sua anuência ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro pode ser autuado por importunação sexual. A pena é reclusão, de 1 a 5 anos, se o ato não constituir crime mais grave.

Mais lidas
Últimas notícias