GDF prorroga alojamento no autódromo para população de rua na pandemia

Contrato terá validade por mais 90 dias, local receberá pessoas em situação de rua até janeiro de 2021

atualizado 07/10/2020 22:10

Daniel Ferreira/Metrópoles

O alojamento provisório montado no Autódromo Internacional de Brasília funcionará até 1º de janeiro de 2021. O Governo do Distrito Federal (GDF) prorrogou o contrato nesta quarta-feira (7/10).

Nesta nova etapa, o acolhimento de pessoas em situação de rua durante a pandemia do novo coronavírus será realizado pelo Instituto Tocar.

Segundo o GDF, o local, com capacidade para 200 pessoas, começou a operar em abril. Abrigou 792 pessoas em situação de rua e não teve casos de contaminação de Covid-19 registrados.

De acordo com a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha, o local oferece oficinas de capacitação, cursos e aulas.

“A renovação do contrato mostra o compromisso em atender a nossa população de rua com respeito e garantia de direito”, afirmou Mayara.

Segundo a pasta de Desenvolvimento Social, além de dormitório, refeições e banheiros, o local oferece abordagem social, ajudando na reintegração familiar e também na inserção do público assistido no mercado de trabalho. (Com informações da Agência Brasília) 

Últimas notícias