GDF não garante vacinação de professores no DF em 9 de abril

O secretário-chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha, afirmou em coletiva que os imunizantes que chegaram ao DF são para segunda dose

atualizado 05/04/2021 18:04

Vacinação no DFGustavo Moreno/Especial Metrópoles

O secretário-chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha, não confirmou a vacinação dos profissionais de educação no Distrito Federal para o dia 9 de abril. A previsão havia sido anunciada pelo secretário de Educação, Leandro Cruz, na última quarta-feira (31/3).

Gustavo Rocha explica que existia uma programação de entrega de doses pelo governo federal, que não se concretizou. Por isso, a Secretaria de Saúde teve de rever o cronograma de vacinação.

“Para começar a vacinação dos professores, que são essenciais, é preciso receber a remessa de novas doses. Então, não é possível afirmar que haverá vacinação daqui a três dias”, ressaltou o titular da Casa Civil.

Segundo Rocha, a programação de entrega das vacinas não se concretizou pois existe hoje atraso no fornecimento dos imunizantes. “O Ministério da Saúde depende dos laboratórios, que não estão conseguindo cumprir prazos por uma série de motivos, como falta de insumos. As vacinas que temos hoje são para segunda dose. Não podemos deixar as pessoas sem a segunda dose”, completou.

O secretário ressaltou que, para a completa imunização contra a Covid-19, é preciso fechar o ciclo das doses de vacinação corretamente.

Anúncio

Em entrevista na última quarta-feira (31/3), o secretário de Educação do DF, Leandro Cruz, disse que seriam imunizados professores e trabalhadores de outras categorias que atuam nas escolas públicas e privadas do DF. A vacinação ocorreria de forma escalonada, a partir do recebimento de novas doses de imunizante.

Últimas notícias