metropoles.com

Feminicídio: saiba quem é a mulher morta a facadas por ex-marido no DF

Mãe de três filhos, Simone Sampaio de Melo foi vítima de feminicídio nesta 2ª feira. O suspeito é o ex-marido dela, João Alves Catarina Neto

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução/Facebook
Vítima de feminicídio no DF
1 de 1 Vítima de feminicídio no DF - Foto: Reprodução/Facebook

A mulher morta a facadas na manhã desta segunda-feira (13/2) no Gama é Simone Sampaio de Melo (foto em destaque), 40 anos. Ela foi vítima de feminicídio, em uma rua na Quadra 49 do Setor Central da região administrativa. O suspeito é João Alves Catarina Neto, 45, ex-marido dela, preso em flagrante nesta manhã.

Simone tinha três filhos, de 21, 15 e 9 anos, e morava com a mãe e os dois mais novos, no Gama.

Em dezembro, a vítima havia deixado o município de Piúma (ES), onde morava com o ex-marido. Os dois se separaram após 20 anos de relacionamento, pois João não quis se mudar para o DF com a então companheira. A divergência levou à separação do casal.

Segundo o sargento Wenderson de Sousa Queiroz, policial militar de folga que flagrou o crime e prendeu o assassino, João estava em Brasília desde sábado (11/2).

Nesta segunda-feira, o criminoso levou a filha para o colégio com a ex-companheira. Na volta, João e Simone discutiram na rua. Em seguida, ele sacou uma faca e desferiu ao menos quatro golpes na vítima.

6 imagens
O assassino, João Alves Catarina Neto, foi preso pouco depois do feminicídio
Ela foi assassinada a facadas pelo ex-marido João Alves Catarina Neto, em 2023
Simone tinha três filhos
Simone Sampaio de Melo morava no Gama
Simone foi morta a facadas na rua
1 de 6

Simone Sampaio de Melo, 40 anos

Reprodução/Facebook
2 de 6

O assassino, João Alves Catarina Neto, foi preso pouco depois do feminicídio

Reprodução
3 de 6

Ela foi assassinada a facadas pelo ex-marido João Alves Catarina Neto, em 2023

Reprodução/Facebook
4 de 6

Simone tinha três filhos

Reprodução/Facebook
5 de 6

Simone Sampaio de Melo morava no Gama

Reprodução/Facebook
6 de 6

Simone foi morta a facadas na rua

Reprodução/Facebook

Prisão

O sargento Sousa conta que passava de carro pelo local quando testemunhou o crime. Ele estava desarmado e com os três filhos do carro.

“Eu o vi a mais ou menos 1 metro de distância dela, com a faca em punho, e não pude fazer nada pela distância — talvez de uns 20 metros. Vi quando ele deu as facadas nela, largou a faca no chão, pegou duas sacolas e saiu correndo, sem destino, pelo gramado”, detalhou o morador do Novo Gama (GO).

Em seguida, o PM saiu do carro e deu ordem de prisão contra o assassino. Equipes da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) chegaram ao local do crime e levaram João para o Hospital Regional do Gama (HRG), devido a um ferimento na mão.

Discussão

A 20ª Delegacia de Polícia (Gama), para onde o autor do crime será encaminhado, apura o caso. A Secretaria de Justiça do Espírito Santo (Sejus) informou que não havia registros de crimes cometidos pelo agressor no estado.

O casal estava desempregado, e o assassino contou à polícia que se incomodava com pedidos frequentes de dinheiro da ex. Um dos supostos  pedidos seria para compra do material escolar da filha, motivo pelo qual João teria viajado para o DF.

“Quando voltaram [da escola da filha], começaram a discutir por causa de dinheiro. Ele dizia que ela gastava muito dinheiro e não dividia as despesas da maneira correta. Ele estava com uma sacola de pão, com a faca — que ele teria comprado para ela — e a esfaqueou”, descreveu o delegado.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comDistrito Federal

Você quer ficar por dentro das notícias do Distrito Federal e receber notificações em tempo real?