Fake news sobre coronavírus prejudica movimento em mercado do DF

As informações ganharam a internet e viralizaram nas redes sociais, provocando prejuízos ao mercado Coisas da Roça, em Ceilândia

atualizado 25/03/2020 19:17

Um mercado no Distrito Federal foi alvo de notícias falsas, as chamadas fake news, sobre uma suposta contaminação pelo novo coronavírus. As informações ganharam a internet e viralizaram nas redes sociais, provocando prejuízos ao Coisas da Roça, situado na região do P Sul, em Ceilândia.

Segundo o gerente do estabelecimento, Allan Souza, um funcionário do setor administrativo comentou com colegas de tralho que seu sogro havia apresentado sintomas da Covid-19 e havia procurado um hospital para realizar exames que atestassem a doença.

No entanto, antes que a contaminação fosse confirmada, a informação se espalhou rapidamente. “Fomos pegos de surpresa com essa fake news e nos causou muitos transtornos”, disse.

De acordo com o gerente, empregados do estabelecimento tiveram que perder horas de trabalho atendendo dezenas de ligações de clientes questionando se era verdade a informação de coronavírus circulando dentro do comércio.

“Os exames que o genro de nosso funcionário fez deram negativo para Covid-19, mas estamos sofrendo prejuízos em decorrências dessa notícia falsa desde segunda-feira”, reclamou Souza.

Últimas notícias