Estudante some em Águas Claras e família pede ajuda

Poliana Dantas Pinto, 32, deveria ter ido, a pé, até a faculdade onde estuda , mas não chegou ao destino

atualizado 05/02/2020 21:40

Divulgação

A família da estudante Poliana Dantas Pinto, 32 anos, está aflita. Desaparecida desde terça-feira (04/02/2020), a mulher foi vista pela última vez saindo da casa da irmã e, desde então, não deu mais notícias. Os parentes já haviam a procurado em vários locais, sem sucesso.

Poliana deveria ter ido caminhando até a universidade que estuda, em Águas Claras. De acordo com o pai dela, Odon Laranjeira, no entanto, não há registro da filha chegando ao local. “Eu iria levar, mas ela disse que chegaria mais cedo para encontrar uma amiga. O problema é que Poliana não chegou lá”, conta.

A estudante não levou celular, dinheiro ou identidade, o que preocupa ainda mais Odon. “Ela só saiu com uma Bíblia e canetas”, lembra.

Após o sumiço, a família chegou a ir aos lugares onde Poliana costumava frequentar, mas não obtiveram notícia. “Fomos em hospitais e na igreja, mas ela não estava lá. Registramos a ocorrência e esperamos encontrá-la”, ressaltou o pai.

Qualquer informação sobre o paradeiro de Poliana pode ser passado ao pai dela, pelo número (61) 99665-5766.

Últimas notícias