Empresário de Brasília pede namorada em casamento com projeção em prédio

Roni Cavalcante surpreendeu Carol Sander Perez com um plano elaborado para fazer o pedido e conseguiu o sim da namorada

atualizado 13/06/2020 21:16

Pedido de casamento feito na fachada do Banco do Brasil, 402 NorteImagem cedida ao Metrópoles

A quadra 402 Norte foi embalada pelo clima romântico na última quinta-feira (11/06): o empresário da área da comunicação Roni Cavalcante, 42, surpreendeu a namorada, Carol Sander Perez, 31, com um pedido de casamento. Com direito a buquê, aliança, serenata com saxofone e projeção da pergunta no prédio do Banco do Brasil, ao lado do bloco onde os apaixonados vivem, a moça disse sim.

“Contratei uma empresa especializada em projeção mapeada, acertei tudo com o dono e combinei com a síndica do prédio para que ela autorizasse subir o equipamento no bloco. O vizinho da cobertura foi super gentil e autorizou a instalação da máquina no apartamento deles”, conta o empresário, que chamou o saxofonista João Filho para tocar no gramado em frente à janela do quarto do casal. Um amigo ainda fez um vídeo do momento.

O plano foi elaborado: Roni disse a Carol que celebrariam o Dia dos Namorados na véspera, e que os dois precisariam se arrumar para comparecer à chamada de vídeo do aniversário de uma amiga antes de jantar. “Foi uma ótima desculpa, porque ela estava toda linda. Quando estavam todos prontos, eu disse a ela que tinha uma surpresa. Coloquei uma venda nos olhos dela e fui até nosso quarto, abri a janela e as cortinas. Ela ficou muito emocionada e mais importante: disse sim. Ufa!”, lembra o noivo.

0

Carol e Roni se conheceram em 2019 no Rio de Janeiro, cidade onde ela vivia. Os dois começaram a namorar em outubro e, como a relação foi ficando séria, a gerente comercial decidiu se mudar para Brasília e viver com o namorado. Ela chegou ao DF em fevereiro e, depois de uma viagem à capital fluminense, o casal entrou de quarentena, com o avanço da pandemia do novo coronavírus.

“Essa convivência que já estava próxima se intensificou. E foi aí que nosso amor foi aumentando e percebi que ela era ainda mais especial. Era a mulher que eu quero na minha vida definitivamente. Neste período confuso que vivemos, e com alguém convivendo quase 24 horas seguidas, vendo nosso amor se fortalecer, começamos a falar em marcar casamento. Queremos nos casar em janeiro”, conta Roni.

Últimas notícias