Em vídeo, falso sequestrador ameaça jovem: “Se não pagar, ele vai morrer”

O "refém" teria armado o crime para extorquir o irmão em R$ 1 mil, valor do suposto resgate. O dinheiro seria usado para comprar drogas

atualizado 14/10/2020 10:51

Falso sequestroReprodução/ Vídeo

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu duas pessoas acusadas de forjarem o sequestro de uma delas, na intenção de extorquir a família do jovem. O resgate, no valor de R$ 1 mil, deveria ser depositado na conta do falso sequestrador, que enviou um vídeo para o irmão da suposta vítima.

Armado com uma faca, e apontando para o “refém”, o falso sequestrador é agressivo e ameaça matar o rapaz. “Se não pagar ele vai morrer. Deposita o dinheiro. Tá escutando? Fala aí com o seu irmão desgraçado. Fala aí desgraça”, disse o suspeito.

Fingindo medo, o jovem pede que o irmão faça o depósito: “Deposita aí, R$ 1 mil aí. Foi mancada”, disse o rapaz. A gravação é breve, tem menos de 30 segundos, mas foi o suficiente para fazer a verdadeira vítima, o familiar do falso sequestrado, acionar a PCDF por meio da Divisão de Repressão ao Sequestro (DRS).

Assista ao vídeo:

O caso chegou ao conhecimento dos policiais no último sábado (10/10), mesmo dia da prisão dos suspeitos. Dependente químico, o autor do crime pretendia usar o dinheiro do “resgate” para financiar a compra de drogas

Segundo o delegado chefe da DRS, Luiz Henrique Sampaio , “nessas situações, 1 de 10 é real”. “Nenhum sequestro foi bem sucedido no DF até hoje”, diz.

As investigações tiveram início tendo como ponto de partida a conta bancária onde o dinheiro havia sido depositado. O titular da conta foi monitorado durante várias horas por equipes da DRS até o momento em que o alvo usou uma motocicleta para ir até um posto de gasolina entre a Vila Estrutural e a Cidade do Automóvel. No local, o homem se encontrou justamente com o rapaz que supostamente estaria sequestrado.

Todos foram abordados pelos policiais e confessaram se tratar de uma extorsão, e que o sequestro havia sido forjado para arrancar dinheiro da família do usuário.

Veja o momento da prisão:
0

Últimas notícias