Índice da Pizza compara poder de compra e alta da inflação no mundo

Brasileiro paga, em média, R$ 45 por uma marguerita. China, Suíça e Catar estão no topo da lista, com preços que ultrapassam R$ 100

atualizado 08/08/2022 10:33

homem fazendo pizzaGiovanna Bembom/Metrópoles

A tradicional pizza marguerita, iguaria italiana popular ao redor do mundo, foi transformada em um elemento comparativo para abordar as diferenças no poder de compra entre países. Com o aumento da inflação, impulsionado pela crise econômica global, o preço dos alimentos subiu.

Até o mês de junho, a inflação no Brasil acumulou um aumento de 12,04%. Outras nações também enfrentam a alta do preço de bens e serviços, como os Estados Unidos — com o maior índice inflacionário das últimas 4 décadas —, bem como territórios do continente europeu.

De acordo com o Índice da Pizza, criado pela consultoria HelloSafe Brasil, cidadãos brasileiros desembolsam, em média, R$ 45 por uma marguerita. As mais caras foram encontradas na China, Suíça e Catar. Na outra ponta, os preços mais baixos são da África do Sul, Paquistão e Honduras.

Inspirado pelo Índice Big Mac, criado pela revista The Economist nos anos 1980, o levantamento serve como um indicativo simples da Paridade dos Poderes de Compra (PPC) entre as nações, usando um prato comum em vários países do mundo: a pizza.

O levantamento

Para produzir o índice, foram mapeados em 54 países os preços de uma pizza média (suficiente para 2 ou 3 pessoas) do sabor marguerita que, na maioria dos lugares, é a opção mais em conta do cardápio. Os valores foram convertidos em dólar e, posteriormente, em reais. A cotação utilizada para o cálculo foi de R$ 5,22, em 29 de junho de 2022.

A partir dos dados consolidados pela pesquisa, o Metrópoles fez um infográfico com o ranking de países e preços da marguerita ao redor do mundo. Veja:

Confira a lista:

Pressão inflacionária

Produtos básicos de consumo sofreram alta nos valores nos últimos meses, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em um ano, os brasileiros viram a comida no prato ficar 15,38% mais cara. Entre janeiro e abril de 2022, preço do tomate subiu 37,4%, enquanto o trigo acumulou uma alta de 14,74% .

Desde 1980, o preço de uma fatia de pizza nos EUA é comparado ao custo de uma passagem de metrô em Nova York. Este ano, pela primeira vez, o valor médio da fatia, de 3 dólares, ultrapassou o preço da passagem, de 0,25 centavos de dólar.

A escalada de inflação estadunidense vem um ano após o presidente Joe Biden assinar um pacote de US$ 1,9 trilhão que, dentre outras medidas, oferecia cheques de US$ 1.400 para os mais necessitados enfrentarem as consequências econômicas da pandemia.

Na Europa, a situação agravada pelo conflito na Ucrânia também ocasionou a escassez de produtos básicos como o azeite de oliva, ingrediente fundamental na receita da iguaria.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias