É verdade que só é possível baixar o e-Título até sábado (1º/10)

Informação começou a rodar nas redes sociais e confirmada pelos órgãos oficiais. Primeiro turno das eleições está marcado para domingo (2)

atualizado 30/09/2022 17:21

Arte/Metrópoles

É verdadeira a afirmação de que só é possível instalar o aplicativo do e-Título até sábado (1º/10). A informação começou a circular nas redes sociais uma semana antes do primeiro turno das Eleições 2022, que está marcado para domingo (2/10).

Usuários do Twitter começaram a alertar para o prazo. Um dos perfis que divulgaram a informação conta com mais de 11 mil curtidas na publicação.

Veja alguns posts realizados sobre o assunto:

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

Como verificamos

O V ou F procurou a informação no portal do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF). No site, o Tribunal solicita que as pessoas baixem o aplicativo e-Título com antecedência.

“No dia 2 de outubro, quando ocorre o primeiro turno das eleições, a emissão do e-Título estará suspensa e somente voltará a ser liberada a partir do dia 3 de outubro. A Corte ressalta, ainda,  que o aplicativo receberá justificativas eleitorais apenas no horário da votação, ou seja, no domingo do pleito (2/10), das 8h às 17 horas”, diz o texto.

A reportagem também consultou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que confirmou a informação. Nas redes sociais, a Corte reforçou que o e-Título substitui o documento em papel e pode ser utilizado como identificação, inclusive para votar, desde que atualizado e com foto.

“Baixe o e-Título até 1º de outubro e tenha tudo na palma da mão.” O aplicativo funciona nos sistemas Android e iOS e pode ser baixado na App Store e na Google Play.

De acordo com o TSE, cerca de 30 milhões de eleitoras e eleitores no Brasil e no exterior já ativaram o aplicativo. Somente neste ano, foram registradas mais de 13 milhões de ativações.

Por que checamos?

V ou F é um programa de checagem do Metrópoles em parceria com o Google e com a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) que visa verificar publicações com potencial de viralização e que tenham relação com as eleições de 2022 no Distrito Federal.

Metrópoles cria núcleo de combate à desinformação nas eleições do DF

Para verificar os conteúdos, a equipe consulta especialistas, fontes oficiais sobre o assunto, documentos e dados públicos. A intenção é checar como verdadeira ou falsa a informação que está sendo compartilhada.

Quem se deparar com algum conteúdo duvidoso e achar que ele precisa de verificação pode encaminhar o material para o WhatsApp do Metrópoles DF: (61) 9119-8884.

Mais lidas
Últimas notícias