DF: vigilante é rendido por índios ao cortar caminho por aldeia

Eles tomaram a chave da moto e ameaçaram colocar fogo no veículo do segurança. "Fiquei com medo", admitiu

atualizado 13/12/2019 16:22

Michael Melo/Metrópoles

Um vigilante da Terracap foi rendido por um grupo de indígenas na manhã desta sexta-feira (13/12/2019), no Santuário dos Pajés, Setor Noroeste. O homem ficou preso por duas horas.

De acordo com um colega de trabalho, o homem, identificado com Hélio, cortava caminho pela aldeia para chegar a um dos postos de vigilância da Terracap, quando foi rendido pelos indígenas. Eles tomaram a chave da moto do segurança e ameaçaram colocar fogo no veículo.

A situação só foi resolvida quando a esposa do cacique e o supervisor da empresa de vigilância que presta serviço para a Terracap chegaram para mediar a situação e conseguiram liberar o segurança, que já voltou ao trabalho.

O vigilante não quis falar sobre o ocorrido para a reportagem. No entanto, afirmou ter ficado com medo. Nada foi levado e o homem não ficou ferido.

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) está no local para apurar o ocorrido.

Últimas notícias