Ambulância socorre vítima covid-19

DF tem a pior semana epidemiológica de Covid-19 desde o início da pandemia

A capital do país registrou 222 novas mortes entre 2 e 8 de agosto, 28 óbitos a mais do contabilizado na semana anterior

atualizado 10/08/2020 16:07

Ambulância socorre vítima covid-19Igo Estrela/Metrópoles

O Distrito Federal contabilizou a pior semana epidemiológica desde o início da pandemia, segundo dados divulgados pela Secretaria de Saúde. Os números, analisados pelo (M)Dados, núcleo de jornalismo de dados do Metrópoles, mostram que os registros sofreram um aumento quando comparado com a semana anterior.

Os valores chegaram a 222 mortes por Covid-19 e 13.902 novos casos de coronavírus no Distrito Federal, entre os dias 2 e 8 de agosto. Na semana imediatamente anterior (de 26/7 a 1º/8), o DF teve 194 óbitos e 12.105 infecções confirmadas.

Há dois meses, a capital do país passou de uma escalada do número de óbitos por Covid-19 a uma estabilização nas alturas. Na primeira semana de junho, 46 pessoas morreram em decorrência de complicações pela doença. Uma semana depois, este número saltou para 85 casos. E, em mais sete dias, já eram 111 vítimas. O ritmo de fatalidades diminuiu um pouco nos períodos seguintes (133 e 134 casos), voltou a crescer e, nas últimas cinco semanas, se estabilizou na média de 30 mortes a cada 24 horas.

Veja gráficos:

Últimas notícias