Covid-19: HUB é referência do DF no tratamento para reação grave à vacina

Pacientes que precisam de internação e acompanhamento ambulatorial especializado são encaminhados pela SES-DF

atualizado 03/03/2021 15:45

Hospital Universitário de Brasília (HUB)Felipe Menezes/Metrópoles

O Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB) se tornou referência no Distrito Federal para o tratamento de pessoas que apresentam reação grave após tomar a vacina contra à Covid-19.

Os pacientes são encaminhados pela Secretaria de Saúde (SES-DF) após o atendimento inicial realizado em algum serviço da rede pública de saúde em que seja identificada a necessidade de internação hospitalar ou acompanhamento ambulatorial especializado.

Após ser transferido para um leito do HUB, o paciente fará o tratamento dos sintomas e realizará exames para investigação da causa, identificando se realmente tem relação com a vacina, e do possível diagnóstico ou aparecimento de alguma doença.

0

São consideradas eventos adversos graves as situações que exigem hospitalização por no mínimo 24 horas, que geram sequelas, resultam em anomalia congênita (defeito grave) ou causam risco de morte.

Já os pacientes que desenvolvem condições leves, mas que se mantêm ao longo do tempo, ou ainda que apresentam sintomas específicos considerados de interesse especial, serão encaminhados pela SES-DF para uma consulta ambulatorial no HUB.

Inicialmente, são ofertadas 55 vagas semanais nas especialidades de neurologia, reumatologia, alergia e imunologia, gastroenterologia, hematologia, infectologia, pneumologia, dermatologia e nefrologia.

Como buscar atendimento

As pessoas com sintomas leves após tomarem a vacina contra a Covid-19 devem buscar atendimento nas unidades básicas de saúde (UBS) próximas à residência e, para sintomas mais severos, procurar as unidades de pronto-atendimento (UPA) ou emergências dos hospitais.

O pronto-socorro do HUB não deve ser procurado, já que funciona de forma referenciada, ou seja, recebe apenas pacientes encaminhados diretamente pela SES-DF.

Depois desse atendimento inicial, se for confirmada a indicação de internação, a equipe de saúde do serviço fará a solicitação do leito ao HUB ou, se identificada a necessidade de acompanhamento ambulatorial especializado, realizará o pedido de vaga para a consulta via sistema de regulação.

Fluxo de atendimento para colaboradores do HUB

Os trabalhadores do HUB vacinados no próprio hospital devem notificar qualquer tipo de sintoma percebido após a aplicação da vacina, sendo leve ou grave.

É preciso ligar para o Setor de Vigilância em Saúde pelo telefone 2028-5595. O colaborador passará por uma avaliação de enfermagem e receberá orientações sobre o tipo de atendimento necessário para o caso.

Últimas notícias