Corpo de Bombeiros realiza força-tarefa contra a dengue

Mais de 500 militares foram orientados a inspecionar casas e ajudar na prevenção ao mosquito que transmite a doença

dimarik/Istock

atualizado 25/01/2020 11:38

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) realiza neste sábado (25/01/2020) uma grande ação em várias cidades do DF com o intuito de alertar moradores sobre o perigo da dengue. Ao todo, 524 militares fazem o trabalho de inspecionar casas e orientar moradores a se prevenir do mosquito Aedes aegypti.

As regiões administrativas que recebem a visita são Planaltina, Sobradinho, São Sebastião, Guará e Fercal. Para isso, a Secretaria de Saúde pede que os moradores estejam atentos para receber militares e agentes, além do direcionamento para enfrentar a dengue.

Estado de emergência

A força-tarefa acontece apenas um dia após o governador Ibaneis Rocha (MDB) assinar um decreto que declara situação de emergência na Saúde por 180 dias. O motivo é o risco de epidemia de dengue, potencial epidemia de febre amarela e da possível introdução dos vírus zika e chikungunya no DF.

Outra justificativa para a medida é a alteração do padrão de ocorrência de microcefalias – malformação congênita que pode ser associada à zika – no Brasil.

A partir dessa decisão, o Executivo local pode adotar medidas administrativas necessárias a fim de conter o avanço das doenças, incluindo compra de insumos e materiais e a contratação de serviços estritamente necessários ao atendimento da situação emergencial. Também é possível contratar pessoal por tempo indeterminado para combater a epidemia.

Ibaneis assinou o decreto uma semana após a Subsecretaria de Vigilância à Saúde divulgar informativo epidemiológico no qual indica que a dengue matou 62 pessoas em 2019.

Em comparação com 2018, quando duas pessoas morreram de dengue, o crescimento de óbitos relacionados à doença foi de 3.000%.

Confira o decreto:

Reprodução

Últimas notícias