Coronavírus: hospitais do DF vão ganhar mais 80 leitos de UTI

Medida será possível graças a uma portaria do Ministério da Saúde. Hospitais de Santa Maria, Universitário e da Criança serão contemplados

atualizado 27/04/2020 16:54

hospital regional de santa mariaAndre Borges/Esp. Metrópoles

A rede pública de saúde do Distrito Federal ganhará, nos próximos dias, mais 80 leitos de unidades de terapia intensiva (UTIs) exclusivamente voltados para pacientes com coronavírus. As unidades atenderão crianças e adultos e foram habilitadas para uso a partir de autorização concedida pelo Ministério da Saúde na sexta-feira (24/04).

De acordo com a Portaria n° 858, publicada no Diário Oficial da União (DOU), serão disponibilizados 60 novos leitos no Hospital Regional de Santa Maria (HRSM), 10 no Hospital Universitário de Brasília (HUB) e 10 no Hospital da Criança de Brasília José Alencar (HCB).

A pasta federal vai custear parte desses equipamentos com o aporte de R$ 11,6 milhões. A habilitação dos leitos vai durar 90 dias, podendo ser prorrogável a depender da evolução da doença na capital do país.

“Esse é um passo importante para a saúde pública do DF. A habilitação garante recursos para UTIs que atendem pacientes com a Covid-19. Com mais leitos habilitados e a verba do Ministério da Saúde, teremos um grande reforço durante a pandemia”, afirmou o secretário de Saúde, Francisco Araújo.

No HRSM, hospital com maior quantidade de leitos habilitados para Covid-19, foram ativados, em um primeiro momento, 40 leitos de UTI – com pacientes já sendo referenciados para essa unidade. Também criaram o chamado Pronto-Socorro Covid no hospital, com 26 leitos para atender aos pedidos – sendo 10 deles com suporte respiratório.

Sistema de prontuário

A Secretaria de Saúde tem, até o momento, 554 leitos de UTI cadastrados, sendo que, desses, 122 já estão voltados aos atendimentos da Covid-19.

Vinte deles foram abertos na UPA do Núcleo Bandeirante, na sexta-feira (24/04), com a presença do governador Ibaneis Rocha.

 

Últimas notícias