Com 225 pessoas na fila, UTIs adultas para Covid têm 99% de ocupação

Dos hospitais que tratam o estágio grave da doença no DF, apenas três não estão lotados e resta somente uma vaga para adultos

atualizado 17/03/2021 20:33

UTIHUGO BARRETO/METRÓPOLES

A taxa de ocupação de leitos de unidades de terapia intensiva (UTI) exclusivas para tratamento de Covid-19 em pessoas adultas na rede pública do Distrito Federal chegou a 99% na noite desta quarta-feira (17/3). Os dados são do painel InfoSaúde, atualizados às 19h10.

Segundo o painel, ao se considerar os leitos pediátricos e neonatal, a taxa diminui para 97%. No total, a rede pública de saúde do DF conta com 409 leitos, sendo que 375 estão ocupados, há nove vagos e 25 estão bloqueados ou aguardando liberação.

Dos 18 hospitais com leitos exclusivos para Covid-19 que integram a rede pública, apenas três não estão lotados. Em todo o DF, há apenas uma vaga para adultos com a doença e que precisem de terapia intensiva.

Embora às vezes o InfoSaúde mostre leitos livres no painel de consulta do público, ocorre de já haver paciente que estava na fila de espera direcionado para essas vagas.

Além disso, há situações em que os leitos estão bloqueados, por motivos de manutenção, falta de algum equipamento ou de recursos humanos.

A fila para uma UTI Covid-19 no DF é de 225 pessoas, que teriam suspeita ou confirmação de infecção pela doença. No total, 298 pacientes aguardam por um leito. Os dados são das 19h30.

Nos hospitais privados, a ocupação de leitos de UTIs para adultos está em 97%. Dos 383 leitos, apenas nove estão vagos.

0

Mais lidas
Últimas notícias