Com chuva, mulher é levada por enxurrada para córrego no DF

Ocorrência foi registrada pelo Corpo de Bombeiros por volta das 15h20 deste domingo (21/10). Vítima de 49 anos foi levada com vida ao IHB

Ricardo Botelho/Especial para o MetrópolesRicardo Botelho/Especial para o Metrópoles

atualizado 21/10/2018 18:48

Com as fortes chuvas registradas no Distrito Federal na tarde deste domingo (21/10), uma mulher de 49 anos foi arrastada por uma enxurrada até um bueiro que deságua no Córrego Agudo na região administrativa de São Sebastião.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, os militares foram acionados para uma ocorrência de afogamento na rua 11 do bairro São Francisco. A vítima foi resgatada, recebeu atendimento no local e acabou sendo transportada ao Instituto Hospital de Base (IHB) com vida.

Ela estava com escoriações e sintomas de afogamento grau 3, quando a vítima ingere bastante água, apresentando sinais de insuficiência respiratória e taquicardia.

É o terceiro dia com chuvas fortes no DF. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), no sábado (20), as estações meteorológicas registraram 49 milímetros (mm) de chuva. Até o momento, em outubro choveu 113 mm. O esperado para todos os dias do mês é 160 mm.

 

“A tendência é que o tempo permaneça parcialmente nublado a nublado, com pancadas de chuva e trovoadas isoladas até quinta-feira (25). As temperaturas, mínimas e máximas, devem variar entre os 18ºC e 29ºC”, disse o meteorologista Hamilton de Carvalho.

A umidade relativa do ar vai ficar entre 95% e 50%. Já os ventos terão intensidade de fraca à moderada.

CBMDF
Bombeiros tiveram trabalho para retirar uma árvore que caiu em frente ao Ministério da Defesa, na Esplanada dos Ministérios, na madrugada deste domingo (21/10). Não houve vítimas.

Ao todo, 10 militares em duas viaturas atuaram na região, onde, provavelmente por conta da chuva, a árvore caiu ocupando cinco da seis faixas do Eixo Monumental. A pista foi liberada às 2h30, segundo informações da corporação.

Além de chuva forte no fim da tarde de sábado (20), uma ventania ocorreu na área central de Brasília, incluindo a Esplanada dos Ministérios. Com o céu escuro, os postes de iluminação pública, geralmente acesos a partir das 19h, foram ligados pouco depois das 17h.

De acordo com relatos de brasilienses, o vento forte ameaçou estruturas que eram montadas para eventos no Setor Comercial Sul. A ventania também derrubou galhos de árvores no Eixo Monumental, área central da cidade, onde um ato promovido por mulheres era realizado – a chuva dispersou a manifestação. Áreas da Asa Norte foram alagadas, deixando o trânsito lento na região. O mesmo ocorreu próximo à Rodoviária de Brasília.

Confira imagens do temporal de sábado: 

 

 

Na sexta (19), além de causar transtornos, a chuvarada expôs velhos problemas de infraestrutura das cidades brasilienses. Em Vicente Pires, vias ficaram alagadas e veículos acabaram atolados no lamaçal. No Setor P Norte, em Ceilândia, o asfalto cedeu em uma obra para instalação de redes pluviais e uma van caiu no buraco.

Veja imagens dos transtornos de sexta: 

Últimas notícias