BMW capota na Asa Sul e dois são presos por tentar levar vodca

Um casal identificado como amigo do motorista do carro de luxo teria tentado tirar a garrafa e as placas do veículo da cena do acidente

Material cedido ao MetrópolesMaterial cedido ao Metrópoles

atualizado 11/11/2019 12:49

Uma BMW capotou no Setor de Administração Federal Sul (Safs), nas proximidades da Procuradoria-Geral da República (PGR), na madrugada deste domingo (10/11/2019). O motorista foi preso por embriaguez e lesão corporal culposa no trânsito. Um casal acabou detido por suspeita de alterar a cena do acidente.

Três amigos do condutor do carro de luxo, identificado como Dênis Humberto Ferreira de Araújo, teriam invadido o local onde o carro ficou caído, pegado uma garrafa de vodca e as duas placas do veículo guardadas no porta-malas. A BMW seria nova e, por isso, não havia sido emplacada ainda.

Uma mulher de 25 anos e um homem de 26 foram presos por suspeita de fraude processual. A ocorrência foi registrada na 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul).

Confira como ficou a BMW após o acidente:

A mulher chegou a dizer que a garrafa havia sido trazida por ela de casa. Mas segundo o testemunho de um bombeiro na 1ª DP, a declaração não condizia com a verdade, porque a bebida alcoólica tinha sido retirada do carro por policiais militares.

O casal preso por fraude processual foi liberado após pagar fiança de R$ 1 mil cada. “Na delegacia, eles informaram que o motorista tinha feito uso de bebida alcoólica. Eles estavam em uma boate no Lago Sul e, no retorno para o hotel, o condutor sofreu esse acidente”, afirmou o delegado-adjunto da 1ª DP, João de Ataliba Neto.

O motorista, segundo o registro feito na Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), tinha sinais evidentes de embriaguez, como hálito etílico, andar cambaleante, olhos avermelhados e fala monossilábica. Ele ficou no local do acidente e inicialmente se dispôs a fazer o teste do bafômetro, mas mudou de ideia quando o Batalhão de Policiamento Rodoviária (BPRV) chegou.

Ferida

Conforme a ocorrência policial, a passageira do carro ficou presa nas ferragens. Com lesões no rosto e condição estável de saúde, ela foi levada ao Hospital de Base. Durante o socorro, outro casal amigo do motorista levou os celulares, documentos pessoais e outros objetos.

A reportagem não conseguiu contato com o condutor. O espaço permanece aberto para eventuais manifestações.

Últimas notícias