PM cerca supermercado de Águas Claras após assalto com reféns

Um deles foi apreendido e outros dois ficaram dentro do estabelecimento, porém foram presos pouco depois

Assalto Supermercado Big em Aguas Claras PMDF PATAMORafaela Felicciano/Metrópoles

atualizado 29/06/2020 9:50

A Polícia Militar cercou, na madrugada desta segunda-feira (29/06), um supermercado na entrada de Águas Claras. De acordo com informações da corporação, três homens armados entraram no Big, antigo Walmart, e fizeram dois reféns. Uma das vítimas chegou a ser agredida pelos suspeitos, mas passa bem.

0

Após o cerco, a PM diz que os criminosos soltaram uma funcionária da faxina e um vigilante. Em seguida, os policiais apreenderam um adolescente de 16 anos, no momento em que ele tentava escapar pela parte dos fundos do supermercado. Com o rapaz, foi encontrado um revólver calibre .38 com seis munições.

Os outros dois suspeitos ainda ficaram dentro do supermercado. O Batalhão de Operações Especiais (Bope) fez a varredura para encontrar a dupla.

A PM acredita que eles tenham entrado na noite desse domingo (28/06) no estabelecimento, se escondido e pernoitado no local. Na madrugada, teriam rendido a funcionária que faz a faxina e o segurança da área de monitoramento do supermercado.

O Corpo de Bombeiros informa que a polícia chegou ao local após o botão do pânico tersiso acionado. Por volta das 6h40, os outros dois suspeitos também foram detidos.

Comandante do 17° Batalhão da PMDF, o major Olavo informou que a corporação foi acionada por volta das 3h pelo serviço de monitoramento do supermercado sobre um assalto com dois reféns e cercou o local.

Logo após o adolescente ser detido, a PMDF, com o apoio do Batalhão de Operações Especiais, Patamo e batalhão de policiamento com cães, encontraram os outros dois suspeitos também nos fundos do estabelecimento.

“São dois maiores e um adolescente, que era considerado foragido. Eles foram encontrados na área chamada de docas, de descarga de material para reabastecimento do supermercado”, destacou.

De acordo com o major Michello, da comunicação da PMDF, os dois últimos detidos — de 20 e 32 anos — estavam dormindo debaixo da escada. “Uma das armas encontradas pela Patamo está deflagrada. Suspeitamos que possivelmente eles tentaram atirar nos PMs. Há duas munições picotadas no chão”, afirmou.

O adolescente foi conduzido para a DCA 2, em Ceilândia. A PM encaminhou os outros dois para a 21ª Delegacia de Polícia (Pistão Sul). Por volta das 8h, o supermercado foi aberto.

Segundo informações colhidas pela PMDF, nesta segunda-feira (29/06), chegaria um caminhão com carregamento de celulares e a investigação vai poder dizer se a intenção dos suspeitos era esperar por essa carga.

Por meio da assessoria, o Big confirmou a invasão dos assaltantes na madrugada e ainda que o sistema de segurança da loja acionou a polícia. “Felizmente nenhum ferido. A empresa segue colaborando na investigação do caso”, destacou o grupo.

 

Últimas notícias