metropoles.com

Após ter carro arrombado 3 vezes, mulher encontra veículo destruído no DF

Vidros estavam quebrados e parte elétrica danificada. Carro de moradora de Ceilândia havia sido arrombado 3 vezes na semana anterior

atualizado

Compartilhar notícia

Arquivo Pessoal
Foto-de-um-carro-com-vidros-quebrados
1 de 1 Foto-de-um-carro-com-vidros-quebrados - Foto: Arquivo Pessoal

Na tarde dessa quarta-feira (16/11), uma moradora de Ceilândia foi surpreendida ao sair de casa para trabalhar e encontrar o carro, estacionado na QNM 12, completamente destruído. Os vidros estavam quebrados, os fios cortados, a parte elétrica do veículo, danificada, e a peça de ignição estragada. Na semana anterior, o veículo já tinha sido arrombado três vezes.

“Eu me senti impotente, porque não podia fazer nada a respeito. Dá vontade de fazer justiça com as próprias mãos”, afirmou a mulher, que preferiu não ser identificada.

Segundo ela, esse parece ter sido o ato final de sucessivas tentativas dos bandidos. Primeiro, o ladrão levou a bateria do veículo. Na segunda vez, ele abriu o carro para ver se tinha uma nova, mas ela ainda não havia sido instalada. Já na terceira oportunidade, o suspeito tentou levar o veículo, mas não conseguiu, pois ainda estava sem a bateria. Tudo isso no espaço de uma semana.

3 imagens
Os vidros estavam quebrados, os fios cortados, danificando a parte elétrica do veículo, e a peça de ignição estragada
Na semana anterior, o veículo já tinha sido arrombado três vezes.
1 de 3

Uma moradora de Ceilândia se surpreendeu ao sair para trabalhar e ver o carro detonado

Arquivo Pessoal
2 de 3

Os vidros estavam quebrados, os fios cortados, danificando a parte elétrica do veículo, e a peça de ignição estragada

Arquivo Pessoal
3 de 3

Na semana anterior, o veículo já tinha sido arrombado três vezes.

Arquivo Pessoal

Após os arrombamentos, ela deixou um recado, colado ao vidro do veículo, como forma de protesto: “Senhor ladrão, você esqueceu sua blusa e seu boné. Estou te devolvendo”. Junto à mensagem, a vítima também grudou as peças de roupa esquecidas pelo suspeito.

O veículo fica estacionado na área externa ao prédio onde a mulher mora. A mulher conta que só tem uma vaga disponível no condomínio, e como ela tem dois carros, acaba tendo que deixar o segundo do lado de fora. “Já tentei arrumar outra vaga pra alugar, mas não tem. Estou tentando encontrar um lugar seguro para deixar o carro. Tive até que chamar o guincho para tirá-lo”, explica.

Nas câmeras de segurança do prédio, é possível ver um homem circulando pelo estacionamento externo durante a madrugada. Mas o ângulo das imagens não mostram se ele foi o autor dos arrombamentos. A mulher registrou boletim de ocorrência na 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia Norte), que investiga o caso.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comDistrito Federal

Você quer ficar por dentro das notícias do Distrito Federal e receber notificações em tempo real?