Após reclamações, Saúde do DF recebe 10 mil testes de dengue

Segundo a pasta, expectativa é de mais 30 mil exames cheguem no fim de maio. MPDFT cobrou explicações da pasta

atualizado 19/05/2022 16:24

Foto de um mosquito Aedes aegypti em cima de uma pele humana- MetrópolesJoao Paulo Burini/ Getty Images

Diante da falta de reagentes e profissionais da saúde para realização de testes contra a dengue na rede pública do Distrito Federal, a Secretaria de Saúde informou, em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (19/5), que recebeu 10 mil testes nesta semana e que espera a chegada de mais 30 mil unidades no fim de maio. Conforme revelado pelo Metrópoles, 30.955 casos da doença registrados neste ano são possivelmente positivos.

Mais cedo, nesta quinta, o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) cobrou explicações da pasta sobre a falta de testes para diagnóstico de dengue na rede pública local. Entre janeiro e abril deste ano, a capital brasileira registrou 33.886 casos suspeitos da doença. De acordo com anúncio do secretário-adjunto de Assistência à Saúde, Pedro Zancanaro, o DF registrou 37.677 casos de dengue em 2022.

0

Nessa terça-feira (17/5), o Metrópoles passou a manhã na frente ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran), onde o teste deveria estar à disposição da população. Mesmo com sintomas e dores pelo corpo, após horas de espera e triagens, pacientes deixaram a unidade sem o diagnóstico.

Expectativa de queda de casos da doença

Ainda durante coletiva nesta quinta (19/5), o secretário-adjunto de Assistência à Saúde, Pedro Zancanaro, anunciou que a pasta espera uma queda nos casos de dengue a partir de meados de junho deste ano.

“Considerando o período frio, mais intensificado nos últimos dias, a tendência é de menor proliferação do mosquito nas próximas semanas. Isso gera uma expectativa de que, a partir de meados de junho, já observemos queda nos números de novos casos de dengue”, aponta.

“Apesar de estarmos com muitos casos, minha recomendação é que verifiquem nas suas casas, locais de trabalhos de não termos um foco de dengue”, reforçou o secretário de Saúde, general Manoel Pafiadache.

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias