Administrador e delegado prende usuários de drogas em praças do DF

Imagens postadas por Fernando Fernandes em suas redes sociais causaram polêmica. Parte da população aprova, uma minoria critica a atitude

WhatsApp/DivulgaçãoWhatsApp/Divulgação

atualizado 18/02/2019 21:32

Atual administrador de Ceilândia, o delegado e deputado distrital Fernando Fernandes tem sido alvo de polêmica na internet desde o início de 2019. Nas redes sociais, ele costuma publicar imagens nas quais aparece realizando flagrantes em usuários de drogas e apreensão de entorpecentes na região administrativa.

Sobre uma abordagem que realizou em uma praça próxima ao Centro de Ensino Médio 3, em Ceilândia Sul, na última semana, Fernandes dividiu a opinião dos usuários das redes sociais e gerou debate. Muitos gostaram e elogiaram o administrador, mas outros o criticaram por prender usuários com apenas um cigarro de maconha.

Segundo o delegado, diversos espaços da região administrativa estão sendo revitalizados desde o início de janeiro e, de lá para cá, pelo menos 10 abordagens foram realizadas por ele na cidade.

“Como delegado, a população conhece a nossa atuação, e a lei nos permite que, mesmo afastado [da Polícia Civil], qualquer pessoa pode agir em uma situação de flagrante. Eu, como delegado, não poderia me eximir dessa responsabilidade”, explicou.

“São ações apenas de flagrante. Não há investigação. A própria comunidade pede a nossa atuação, e eu não posso permitir que situações como essa aconteçam. Pedimos o apoio da Polícia Civil e à PM para conduzir os usuários até a delegacia”, acrescentou.

Nas redes sociais, Fernandes também comentou o episódio.

Veja o post abaixo: