Hospital Santa Lúcia inaugura unidade com modelo inovador em Taguatinga

Nova dinâmica coloca o paciente no centro do processo de atendimento, reduzindo a espera e aumentando a segurança do usuário

atualizado 10/07/2020 14:27

Um centro médico construído colocando o paciente no centro da experiência. Essa é, possivelmente, a forma mais simples de definir a Unidade Avançada do Hospital Santa Lúcia em Taguatinga. O espaço, localizado no antigo Hospital da Universidade Católica de Brasília, entre o Pistão Sul e a Águas Claras, foi inaugurado há um mês e funciona 24 horas por dia.

O modelo de atendimento, inspirado em um conceito norte-americano, coloca o usuário do serviço de saúde como prioridade absoluta. Na nova proposta, aquela famigerada peregrinação — de triagem, preenchimento de ficha, encaminhamento ao consultório, realização de exames e medicação, características de emergências 24h — dá lugar a um fluxo muito mais objetivo, rápido e seguro.

O paciente é recepcionado por um concierge (especialista em atendimento) e encaminhado para um box individual. Ali, a pessoa é acomodada e todos os profissionais vão até ela: técnicos, enfermeiros, médicos e auxiliares administrativos. O ambiente é equipado com computador, monitores, oxigênio, poltrona para acompanhante, TV e, se necessário, o box pode se tornar até uma UTI.

A Unidade Avançada reúne as principais especialidades da medicina: clínica médica, pediatria, ortopedia, ginecologia, cardiologia e cirurgia geral. Além disso, é equipada com sala de parada cardíaca, farmácia, raio-x, laboratório clínico, UTI, centro cirúrgico e salas de exames de imagem, como ultrassonografia, ressonância magnética e tomografia.

0

De acordo com o CEO do Grupo Santa, o médico Raul Sturari Jr., o formato foi desenhado segundo as necessidades do paciente e está apto para receber todos os tipos de emergências. “Podemos atender desde um AVC, infarto, parto normal, apendicite ou até um simples resfriado. Se o usuário precisar ficar internado vários dias, aí sim eu desloco ele para uma outra estrutura. Do contrário, é possível resolver todas as emergências aqui”, explica. “Esse é um modelo que nós acreditamos ser uma tendência no mercado”, destaca.

Com esse modelo novo, teremos condições fazer um atendimento bem mais próximo da população do Distrito Federal”, afirma 0 CEO do Grupo Santa, Raul Sturari Jr

Em plena pandemia, é uma opção mais segura para quem precisa de uma consulta ou tratar uma questão pontual, tendo em vista que não há circulação de doentes. É uma inovação que vem no momento certo e corrobora em nossa missão de entregar cada vez mais valor em saúde para a sociedade.

Raul Sturari Jr., CEO do Grupo Santa

´
A gerente da unidade, Rosana Schneider, explica que o grande diferencial é a velocidade do atendimento muito superior à de um pronto socorro tradicional. “O nosso tempo de tomada de decisão, que inclui alta, internação ou transferência, é de até duas horas. Em um hospital, esse período varia de quatro a seis horas. Para se ter uma ideia, os exames laboratoriais são liberados em até 30 minutos e de imagem, no máximo, uma hora”.

Segundo a gerente da unidade, Rosana Schneider, a equipe do Santa Lúcia Taguatinga entrou em contato com os 30 primeiros pacientes atendidos no local, a fim de colher avaliações. “O feedback foi muito positivo, eles elogiaram o tempo de atendimento, a presteza da equipe e a estrutura”

São 40 boxes no total, sendo que as áreas de pediatria e de ginecologia funcionam em locais separados. A unidade tem capacidade para receber de 400 a 500 pessoas por dia e atende quase todos os planos de saúde.

Solução customizada

Embora possa parecer, a Unidade Avançada não foi planejada em função do novo coronavírus. Segundo o CEO do Grupo Santa, o objetivo do modelo é revolucionar a experiência do paciente, oferecendo uma opção rápida, eficiente e com uma estrutura mais leve. Para se ter uma ideia, enquanto um hospital de grande porte necessita de cerca de 2 mil funcionários, o modelo criado em Taguatinga roda com aproximadamente 100 profissionais, entre analistas, auxiliares e profissionais da saúde.

“A gente vive um momento em que precisamos fazer o melhor possível, da forma mais segura e com uma estrutura mais econômica. Dessa forma, entregamos valor e qualidade a um custo mais acessível”, afirma.

Ainda segundo o médico, o formato é piloto e o planejamento do grupo inclui a inauguração de unidades avançadas em outras regiões administrativas do Distrito Federal. “Nós estamos olhando onde não há hospitais e as pessoas precisam de atendimento na área de saúde”.

Unidade Avançada Hospital Santa Lúcia

Site: unidadeavancada.santalucia.com.br
Endereço: QS 5, Lote 22 / Avenida Areal – Taguatinga
Telefone: (61) 3445-0000
WhatsApp: (61) 9137-9016