Deixe os tabus do lado de fora e pode entrar. Tudo sobre sexo, para você gozar a vida.

Pouco tesão? Ter prazer pela vida pode melhorar o sexo

Se você sente prazer e sabe degustar a vida nas diferentes áreas, as chances são maiores de ter uma boa vida sexual

atualizado 18/02/2022 18:53

Reprodução

O desejo de ter uma vida sexual satisfatória, arrasar na cama e ter orgasmos intensos é vontade de muita gente. Porém, na prática não é bem assim que acontece. Nem sempre as transas são espetaculares. Isso porque, por não falarmos muito sobre sexo, acabamos colocando em uma caixa isolada na vida, e separando de outras áreas. É o que explica a sexóloga Luísa Miranda.

“Nossa vida sexual é consequência de como lidamos com outras áreas da nossa existência. Inseguranças, tensões, ansiedade de performance, falta de autoestima, frustrações, tudo isso vai pra cama se não soubermos administrar”.

Publicidade do parceiro Metrópoles
0

Por isso, ela reforça que não adianta levar uma vida cheia de insatisfações e querer ter uma rotina sexual perfeita. Como você lida com a sua ansiedade ou como expressa os prazeres do dia a dia? Confira algumas dicas valiosas para melhorar a forma de ver e colocar o sexo em sua vida.

Comportamentos do dia a dia

A primeira coisa que a sexóloga aponta, é ficar atento para alguns comportamentos durante a vida que afetam nossos relacionamentos.

“Muitas pessoas chegam no consultório com ansiedade do sexo ou inseguras de episódios que já viveram ao longo da vida. E então apresentam disfunção erétil ou dificuldade para atingir o orgasmo. Ou simplesmente se queixam de insatisfação na vida sexual”, revela.

Mas é preciso que as pessoas olhem para as outras áreas da vida. Por exemplo, como lidam com as inseguranças da vida em geral? Ou com as frustrações no trabalho? “A dica é ver como lida em outras áreas quando não está satisfeito, e trazer isso para o sexo também. Enxergar a questão e tentar resolver”, orienta.

É preciso ter repertório

A pressão para um bom resultado no sexo é grande, porém as pessoas não falam a respeito, não leem sobre sexo, e querem ser bem sucedidas nessa área: “Vale lembrar de fazer alguns paralelos com outras áreas da vida. Para se tornar bom no estudo ou trabalho, a gente estuda, se esforça e tem um repertório. É  preciso investir em sexo e sexualidade também”, explica.

Priorize o prazer

Atualmente, é quase impossível ter uma rotina leve. A maioria das pessoas vive cheia de compromissos, e então, após um dia corrido, acabam deixando o sexo para a noite, depois de todas as atividades. 

“O sexo não será leve para algumas pessoas e acaba trazendo angústia quando deixado como uma tarefa de fim de dia”, explica.

Por isso, a solução é fazer um exercício de buscar no dia a dia coisas que proporcionam prazer.

O que dá prazer?

Por fim, a orientação é tentar ao longo do dia, buscar prazer em coisas simples: “Uma roupa de cama gostosa, saborear um alimento, sentir prazer assistindo televisão, ou em alguma atividade que realmente promova a satisfação”, ensina.

Uma pessoa que não está satisfeita com a vida está angustiada, insatisfeita, e acaba levando isso para a cama.

A forma de melhorar a relação com a vida e consequentemente com o sexo, é adotar medidas de buscar prazeres pequenos e se questionar: “O que te da prazer?”, ensina.

Mais lidas
Últimas notícias