Deixe os tabus do lado de fora e pode entrar. Tudo sobre sexo, para você gozar a vida.

Não goza? Veja 5 erros fatais que os homens cometem no sexo oral

A sexóloga Marcela Fernandes, da Vibrio, elencou os erros fatais na hora do oral. Confira e fuja deles!

atualizado 15/06/2022 18:00

Você já deve ter visto muitas matérias, inclusive nesta Coluna, sobre dicas para fazer uma mulher chegar lá. Um estudo do Departamento de Transtornos Sexuais Dolorosos Femininos da Universidade de São Paulo (USP) mostrou que 55% das brasileiras não têm orgasmos durante o sexo. Enquanto o prazer feminino ainda não for realidade de todas, vamos continuar batendo nessa tecla.

As dicas certeiras e infalíveis são muitas. Desde a preparação do corpo, dicas para acertar nas preliminares, para saber o que a parceria gosta, e até técnicas diferentes para concluir o objetivo de proporcionar o ápice do prazer a uma mulher.
Pouco se fala, porém, sobre o que não fazer e os possíveis erros, por mais que pareçam óbvios, na hora da prática.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

Inclusive, tem gente que até tem empenho e tesão, mas acaba jogando um balde de água fria no que era para ser uma boa gozada por falhas pequenas e contornáveis.

Por isso, a sexóloga Marcela Fernandes, da loja de produtos eróticos Vibrio, elencou cinco erros que homens costumam cometer durante o sexo oral. Confira e deixe de fora da sua transa cada uma dessas atitudes.

Ter nojinho

Prezados companheiros, se chegaram até o momento de estarem com a boca na genital um do outro, é sinal que há tesão e envolvimento. Então, nada de cara feia. Deixe o nojinho de fora.

A especialista ressalta que se o casal chegou até a hora “H” é porque houve uma atração mútua. Se a higiene da parceira estiver ok, não há motivos para frescuras. “Faça com vontade — ou não faça”, orienta Marcela.

Usar apenas a língua

Sexo oral significa empenho apenas oral? Não! Você pode e deve recrutar e envolver outras partes do corpo para proporcionar mais prazer. A especialista indica que as mãos também são ótimas ferramentas para você gerar prazer.
“Faça massagens no corpo da parceria durante o sexo oral, recorra aos dedos para penetrar e explore as regiões erógenas”, sugere.

Não explorar toda a região

Outro erro fatal é o fato de chegar com muita sede ao pote e direto à fonte, esquecendo da toda a região ao redor.

Por isso, além de incluir os dedos, vá além beijando e acariciando a virilha, clitóris e região dos lábios, para citar três exemplos.

“Aproveitar e explorar toda a região com toques e a língua vai garantir que a parceria fique mais excitada”, aponta.

Deixar a língua dura

O erro clássico e, talvez, o mais rude de todos os erros quando se fala em sexo oral. Colocar muita força, empenho e achar que está arrasando usando apenas a ponta da língua dura? Não faça isso.

Use a superfície e não a ponta da língua: “A ponta geralmente está contraída e dura, enquanto a superfície está sempre macia”, explica Marcela.

Dica de ouro: chupe e sugue, com delicadeza, os grandes e pequenos lábios. Tenha atenção e redobre o cuidado com os dentes.

Achar que toda mulher é igual

Por fim, vale lembrar que não é porque acertou no oral com a ex parceira que a mesma receita vai valer para todas.
Afinal, cada mulher é diferente e tem pontos sensíveis diversos. Fique atento aos sinais.

Mais lidas
Últimas notícias