Deixe os tabus do lado de fora e pode entrar. Tudo sobre sexo, para você gozar a vida.

Confira 5 segredos infalíveis para um sexo oral inesquecível

Especialista em sexologia, Mariah Prado compartilha dicas para um oral perfeito

atualizado 11/11/2021 19:58

Um bom oral tem seu lugar cativo na transa e não restam dúvidas. Seja usado como preliminar ou como ponto alto do sexo.

Verdade seja dita, muito se fala sobre o oral: performances mirabolantes, posições diferentes para a prática, tempo de execução, entre outras dicas que soam como uma receita pronta que nem sempre serve para todos os gostos e tipos de corpo.

Afinal, existem segredos para arrasar no sexo oral? Usar preservativo, escovar os dentes antes da prática, estar em um ambiente confortável e fazer apenas o que você tem vontade, respeitando as regras de consensualidade, são as dicas básicas e fundamentais para começar.

A especialista em sexologia, Mariah Prado, da Share Your Sex, comunidade exclusiva para mulheres, compartilha dicas infalíveis e possíveis de serem aplicadas para não errar. Confira.

Publicidade do parceiro Metrópoles
0
Nem tudo funciona para todo mundo

A especialista ressalta que antes de mais nada é preciso entender que cada pessoa é diferente e sente prazer de maneira distinta: “Se coloque no lugar do outro quando for chupar a pessoa. Lembre que apesar de existirem técnicas, as mesmas não funcionam para todos os corpos. Temos que testar e ver o que funciona para cada um”, aponta Mariah. 

Feedback

O que determina o oral ser inesquecível ou não é prestar atenção no feedback, ou seja, notar o que a pessoa está sentindo: “Fique atento/a quando o par verbaliza dando direções como mais para cima, ou para baixo ou indicação de continuar ou de parar. Vale perceber se a parceria está gemendo ou ainda se faz barulho que indica dor”, alerta.

Prestar atenção aos sinais do corpo e ajustar o oral é uma das dicas infalíveis para garantir satisfação na hora “H”.

Personalizado

Antes de ir direto ao ponto, vale lembrar que é normal pessoas diferentes não gostarem das mesmas coisas: “Temos que personalizar o oral para que fique bacana para quem está recebendo e quem está praticando”, orienta. 

O prazer é seu

De acordo com Mariah, o erro de muitas pessoas é acreditar que o prazer do sexo oral é apenas para quem recebe: “Quando fazemos sexo oral, não é apenas para agradar o outro, temos que pensar também no nosso prazer. Fazer sexo oral pode ser muito prazeroso para quem chupa”, esclarece. “A gente tem que sentir prazer o tempo todo, do começo ao fim da relação”, completa.

Explore o potencial orgástico

Por fim, vale ressaltar que muitas vezes a gente acha que já alcançou todo o potencial orgástico do corpo, e se engana. Pois é possível levar o prazer a outros patamares: “Sentir prazer pode ser algo que vem a partir de um treino. É preciso desbloquear novos tipos de prazer enquanto dá e recebe o oral e mesmo em outras práticas”, finaliza.

 

Mais lidas
Últimas notícias