Deixe os tabus do lado de fora e pode entrar. Tudo sobre sexo, para você gozar a vida.

Oral certeiro: saiba os benefícios de conversar sobre sexo

Fale com amigas, com a parceria ou especialistas. O importante é soltar o verbo

atualizado 29/09/2021 17:26

Getty Images

Você conversa sobre sexo? Falar sacanagem, contar piadinhas de sexo, compartilhar detalhes da vida sexual com amigos, tirar dúvidas com especialistas da área ou ainda ter aquele papo reto com a parceria antes ou depois da transa. O troca verbal sobre sexo é importante e tem seu lugar. E traz diferentes benefícios de acordo com quem você se abre, discute e ouve sobre o assunto.

A psicanalista Clarissa Pinkola Estés, no livro Mulheres que correm com os lobos, defende que todos devem conversar sobre sexo, contar piadinhas sujas e rir juntas sobre histórias compartilhadas como uma forma de manter viva a libido. Não apenas como desejo sexual, como também pulsão de vida.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
0

De acordo com a sexóloga, Julia Cepada, da plataforma Share Your Sex, todo mundo deveria falar sobre sexo para quebrar tabus e normalizar algumas situações: “Os prejuízos de não falar sobre isso são inúmeros. A pessoa começa a criar tabus e crenças sobre o tema e acaba ficando travada em algumas questões”, explica.

Oral com a parceria

Não ter um diálogo claro sobre sexo com o par, pode acabar atrapalhando a transa: “Quando você comunica, você tem a chance de melhorar a vida sexual, vocês podem ter novas experiências e ainda compartilhar novas fantasias”, esclarece.

Além disso, o relacionamento fica mais íntimo: “A pessoa resolve conflitos que acontecem na cama, e acaba evitando problemas que acontecem por falta de comunicação, além de se conhecer mais e aumentar a intimidade”, reforça.

Compartilhando com as amigas

Quando se trata de falar sobre sexo com as amigas, a sexóloga defende que compartilhar experiências é sempre válido: “E muitas vezes conseguimos quebrar tabus, de maneira divertida e ainda ter grandes trocas de experiências”, afirma.

 

Ela lembra que não é preciso abrir a vida sexual para todos os amigos, mas com alguns com que tenha mais intimidade.

 Tirando dúvidas com especialistas

Mesmo que a pessoa fale com amigos e o par, ter um especialista para falar sobre o tema é fundamental: “Como o ginecologista, por exemplo, ou um terapeuta sexual. Você aprende, tira dúvidas e se protege”, orienta.

Abrindo a boca

Se você não fala sobre sexo com ninguém, talvez seja hora de começar. A dica da sexóloga é escolher alguém que você tenha mais intimidade: “Se tiver muita vergonha, não olhe nos olhos. Fale enquanto faz alguma coisa, tipo lavando a louça, até começar a ter confiança para aprofundar”, sugere.

E atenção, se quer falar diretamente com a parceria, a dica é colocar um filme e ir introduzindo o assunto. O importante é começar aos poucos até chegar direto ao assunto. 

Vale ressaltar que dependendo da dúvida, é preciso recorrer ao especialista: “Algumas vezes, a pessoa que você escolhe para compartilhar, não tem uma boa educação sexual e pode acabar reproduzindo tabus e repassar de maneira errada”, alerta Júlia. Para a segurança e saúde sexual, é sempre bom procurar especialistas no assunto.

Mais lidas
Últimas notícias