Deixe os tabus do lado de fora e pode entrar. Tudo sobre sexo, para você gozar a vida.

Covid-19 muda fetiches no pornô: máscara e álcool gel se destacam

À medida que as assinaturas em plataformas adultas cresce, as produtoras intensificam cuidados com limpeza e segurança

atualizado 27/03/2020 17:16

Tela de busca escrito "porn"Foto: Getty Images

Não é novidade que muitas pessoas têm buscado no pornô e na masturbação um entretenimento para a quarentena. Há, inclusive, empresas do ramo que disponibilizaram diversos conteúdos adultos gratuitos em suas plataformas neste período.

Mas e os atores e atrizes da indústria pornô, como estão procedendo durante a crise da pandemia? De acordo com matéria publicada pela Folha de S. Paulo, ao mesmo tempo em que as assinaturas aumentam, os profissionais do segmento tiveram que reforçar as medidas de segurança e higiene nas produções.

Além de necessários para conter a disseminação do vírus, as demonstrações de limpeza estão sendo aproveitadas e consumidas como fetiche. Ainda segundo o veículo, pessoas da área apontam que taras com higiene e encenações com itens de proteção têm ficado mais comuns.

No site Camera Hot (que fez uma promoção batizada de “Quarentena Hot”), por exemplo, uma das chamadas exibe uma modelo com máscara no rosto e o aviso que “nas nossas salas o sexo é seguro”. Consequentemente, era de se esperar que a fantasia de enfermeira tenha voltado ao seu ápice.

Até mesmo o álcool em gel virou alvo de desejo. Diante das câmeras, muitas vezes os homens têm lançado mão de pedir, durante o ato, para que as mulheres passem o produto nas mãos.

E você, passou a fantasiar com limpeza e higiene depois da pandemia?

Últimas notícias