Deixe os tabus do lado de fora e pode entrar. Tudo sobre sexo, para você gozar a vida.

Conheça o clímax cósmico: uma forma empoderada de autoprazer

O orgasmo cósmico vem sendo considerado uma técnica de masturbação reflexiva

atualizado 10/08/2021 18:49

Getty Images

Dia após dia aumentam as opções de vibradores, masturbadores e guias para atingir o clímax do prazer.  O número de pessoas adeptas à masturbação também cresceu no último ano, e um dos fatores responsáveis foi o isolamento social. Apesar desse crescimento e de muito se falar sobre o assunto, o tema ainda é tratado com certo tabu por alguns, principalmente quando se fala em prazer feminino.

Mas isso vem mudando. E o que muda também são as formas de estimular o corpo a chegar ao ápice do prazer. Hoje já não se restringem à uma única forma. Inclusive, é possível atingir esse clímax por diversos meios. Um deles promete ser o orgasmo cósmico. 

0

A técnica combina espiritualidade com autoprazer e vem sendo apresentada como uma maneira empoderada de explorar a masturbação.

A atividade é explicada pela curandeira energética e especialista em bem-estar sexual, Vanya Silverten, à revista inglesa Glamour. A autora do livro Sacred Revolution: A Woman’s Path to Love, Power & Sensual Enlightenment, voltado ao prazer feminino, explica que o orgasmo cósmico nada mais é que um clímax espontâneo do corpo em contato com o universo.

Isso mesmo! O prazer é alcançado por meio de técnicas de respiração e é possível ser atingido por qualquer pessoa, seja homem ou mulher.  Então pegue um fôlego, e vamos entender como se chega lá.

Fazendo amor com o universo

Quem acredita que espiritualidade não tem a ver com sexo, deveria repensar. De acordo com a especialista, os benefícios são curativos para as pessoas presas a um determinado tipo de masturbação, como por exemplo sempre os mesmos brinquedos sexuais, ou mesmo tipo de pornô.  Ou ainda quem carrega energias de antigos relacionamentos.

A ideia nessa prática é usar o corpo todo como um veículo orgástico. Seja sozinho ou acompanhado. Na visão da escritora, quando estamos tendo um orgasmo cósmico, estamos deixando  a energia do universo fazer amor conosco, então nem precisamos nos masturbar fisicamente. O foco nessa atividade não necessariamente são os órgãos genitais.

Respira fundo, deixe a luz entrar e chegue lá

Para alcançar o prazer, é preciso mover a energia sexual pelo corpo. Por isso, é necessário respirar, absorver e fazer circular  a luz do sol no seu templo sagrado. Vale lembrar que a masturbação espiritual se trata de uma experiência pessoal, então não existe uma maneira prescrita de atingir o orgasmo cósmico. É sobre sentir o seu caminho e brincar com a forma como as energias do universo estimulam o corpo.

Comece ficando nu na cama, deixando a luz do dia entrar pela janela. Em seguida, trabalhe a respiração, exalando profunda e conscientemente, imaginando a luz do sol energizando suas zonas erógenas. E atenção! Vale qualquer região de prazer do corpo, como clitóris, seios ou lábios. Use e abuse da imaginação. Imagine uma luz dourada na sua área genital que emana pelo corpo. E se quiser, incorpore a masturbação física. É possível também, acrescentar práticas como óleos, cristais, ou o que ajude a sentir o espaço como sagrado.

O foco aqui é se sentir fortalecido e ter o bem-estar restaurado.

“Combinar práticas conscientes e de cura em nosso autoprazer pode ser exatamente o que precisamos para liberar uma nova energia e aumentar nossa confiança sexual”, finaliza a especialista. 

Mais lidas
Últimas notícias