Deixe os tabus do lado de fora e pode entrar. Tudo sobre sexo, para você gozar a vida.

A falta de sexo indica que o casamento está chegando ao fim?

A sexóloga Gabriela Daltro, da plataforma Sexo sem Dúvida, fala sobre a falta de sexo na relação

atualizado 06/05/2022 18:31

Quem nunca se questionou se o relacionamento estava a um passo de acabar? Casais, principalmente aqueles de longa data, já se pegaram em alguma situação na qual o sexo esfriou e rola a dúvida: será que acabou? Existem vários indicativos que podem mostrar que um casamento está chegando ao fim. Por exemplo o afastamento, a perda de intimidade, a irritação constante com o par por motivos pequenos e principalmente, a presença de sentimentos como desprezo e indiferença.

Mas e o sexo? Esse tem um papel principal também para indicar o afastamento e a perda de conexão do casal.

A sexóloga Gabriela Daltro, da plataforma Sexo sem Dúvida explica que quando a vida sexual do casal não está legal, pode significar que os parceiros estão com problemas individuais e não conseguem se colocar na relação. Por isso, pode ser um sinal de afastamento, mas não necessariamente uma certeza que o tesão acabou.

0

O sexo esfriou?

A primeira coisa que é preciso desmistificar é que quando o sexo não rola, significa que o amor acabou ou que o tesão foi encerrado.

“Às vezes, a vida sexual do casal fica parada por diferentes motivos como não encontrar mais sintonia nos momentos da transa, ou não conseguirem se colocar em um clima adequado. Pode ser ainda que as mudanças que ocorrem ao longo da vida, acabam moldando a personalidade das pessoas e talvez o que agradava no sexo no início do relacionamento já não agrada mais”, esclarece Gabriela.

É preciso entender que algumas práticas sexuais que eram motivo de tesão podem ter saído de cena e dado espaço para outros prazeres. Por isso, é necessário estar alinhado com o par. Caso contrário, os pares vão se afastando, principalmente na cama.

Reascendendo o fogo

Apimentar as coisas na cama pode ser um desafio. Se o sexo já está fora da rotina do casal há muito tempo, será preciso empenho dos dois para reativar o tesão na cama.

“Tem que ser visto como um investimento nessa área da vida. Cada um precisa se olhar individualmente, ver o que mudou e procurar ajuda especializada para entender o problema. Buscar um sexólogo é fundamental para o casal neste momento”, recomenda.

Vale lembrar que dialogar com a parceria sobre seus desejos é sempre um caminho para melhorar as coisas dentro do quarto.

Confira o podcast Prazer sem tabus:

Mais lidas
Últimas notícias