Deixe os tabus do lado de fora e pode entrar. Tudo sobre sexo, para você gozar a vida.

10 produtos e hábitos que você deve manter longe da sua vagina

Especialistas apontam algumas dicas para cuidar da saúde íntima!

atualizado 29/06/2021 11:57

Foto: Reprodução/Alto Astral

Alguns hábitos são passados de mãe para filha e acabam se perpetuando durante muito tempo; outros, por sua vez, são difundidos através das mídias, como filmes e redes sociais, e passam, assim, a fazer parte do cotidiano de algumas pessoas. No entanto, isso não quer dizer que sejam corretos ou saudáveis.

Portanto, é preciso ter bastante atenção nos vícios presentes na nossa rotina, especialmente quando falamos sobre saúde íntima, já que certas práticas e produtos podem vir a afetar a região vaginal, causando infecções e interferindo até mesmo no prazer sexual.

Assim, para ajudar você a manter a vagina sempre saudável e bem cuidada, confira abaixo as recomendações de Mariana Betioli, obstetriz e fundadora da Inciclo, e Evelyn Prete, ginecologista, sobre 10 itens que devem ficar bem longe da sua região íntima!

1 – Sabonetes

De acordo com Betioli, não devemos lavar a vagina com sabonetes comuns, pois assim evitamos irritações e não desequilibramos o pH vaginal. “Algo fundamental para ajudar na saúde íntima é limpar a região do jeito certo. Só que a limpeza nunca deve ser feita na parte interna”, afirma.

Ela explica que a vagina é autolimpante. Portanto, o ideal é levar somente a vulva, ou seja, a área externa; quanto à parte interna, ela diz: “Só com água e os dedos, já é possível limpar bem entre os lábios internos e externos”.

Betioli ainda observa que, caso a pessoa queira, o sabonete deve ser usado em pouca quantidade somente na vulva e no chamado monte de vênus, onde nascem os pelos da região. Mas atenção, pois após a limpeza, é importante enxaguar e secar muito bem a área.

Confira as 10 dicas no Alto Astral, parceiro do Metrópoles.

 

Mais lidas
Últimas notícias