metropoles.com

Apresentação erótica em evento do Ministério da Saúde irrita oposição

Apresentação aconteceu durante evento realizado pelo MS sobre a Política Nacional de Promoção da Saúde (PNPS)

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução
Apresentação erótica saúde
1 de 1 Apresentação erótica saúde - Foto: Reprodução

Uma apresentação erótica durante o 1º Encontro de Mobilização para a Promoção da Saúde, promovido pelo Ministério da Saúde, virou alvo da oposição nesta sexta-feira (6/10). O material foi gravado na quinta (5/10), segundo dia do evento, que se estendeu até esta sexta-feira.

No palco, uma dançarina apresenta performance enquanto outra pessoa canta. A coreografia, no entanto, não parece ter qualquer relação com o tema do evento. O encontro busca debater a implementação da Política Nacional de Promoção da Saúde (PNPS) no Brasil.

 

O presidente do PP, senador Ciro Nogueira, reagiu ao vídeo. “Chocante como a ideologia contaminou o governo do PT 5! É um seminário de Atenção Primária do Ministério da Saúde!”

“Atenção primária é isso aí? É isso que salva vidas num sistema que a OMS colocou em 125º lugar? O cupim identitário está corroendo o governo por dentro. E Brasil real vê chocado tudo isso”, completou o senador.

Ministério da Saúde admite erro e cria curadoria para evitar situação

O deputado Rodrigo Valadares, do União Brasil, também manifestou repúdio ao vídeo. “Vejam a que nível chegou o Brasil. Esse é o 1º Encontro de Mobilização para a Promoção da Saúde no Brasil e a apresentação é uma imoralidade desta, tudo financiado com o SEU dinheiro”, criticou Valadares.

Ministério da Saúde admite erro

Nesta sexta-feira, a Secretaria de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde emitiu nota lamentando a “coreografia inapropriada” de um dos grupos artísticos que se apresentou nos intervalos do evento. Leia abaixo a íntegra da nota:

“A Secretaria de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde promoveu o 1º Encontro de Mobilização para a Promoção da Saúde no Brasil (Em Prosa). O objetivo do evento é apoiar a implementação e a gestão participativa da Política Nacional de Promoção da Saúde a partir do compartilhamento de experiências e da ampliação do diálogo entre gestores e trabalhadores de diferentes estados, com momentos dedicados à diversidade cultural.

A programação contou com a participação de sete grupos artísticos nos seus intervalos. Uma das apresentações surpreendeu pela coreografia inapropriada.

O Ministério da Saúde lamenta pelo episódio isolado, que não reflete a política da Secretaria e nem os propósitos do debate sobre a promoção à saúde realizados no encontro, e adotará medidas para que não aconteça novamente”.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comPaulo Cappelli

Você quer ficar por dentro da coluna Paulo Cappelli e receber notificações em tempo real?

Notificações