Bastidores da televisão, notícias da sua novela preferida e entrevistas com os principais atores

“Primeira história que quis contar foi sobre ética”, diz autora de Pega Pega

Primeira novela de autoria solo de Claudia Souto é uma comédia romântica policial que trata com leveza dilemas éticos, morais e reais

atualizado 28/06/2021 12:08

Pega PegaPaulo Belote/Globo

Primeira novela de autoria solo de Claudia Souto, com direção artística de Luiz Henrique Rios, Pega Pega é uma comédia romântica policial que conta com personagens humanos e trata com leveza dilemas éticos, morais e reais.

“A novela tem assuntos sérios, mas acima de tudo é divertida. Foi meu primeiro trabalho de expressão própria e a primeira história que quis contar foi sobre ética, porque acho que é algo que temos sempre que discutir e cada vez mais no nosso país. A volta de Pega Pega é uma mistura de emoções, porque é uma alegria imensa rever esses personagens na interpretação desses atores que eu amo. Na concepção artística do Luiz, foi um casamento de ideias e realizações, minhas e dele, muito feliz”, comemora a autora, que está animada para a estreia.

“É delicioso saber que a novela vai ser reexibida e poder reassistir junto com o público, ver de que maneira essa comédia vai inspirar ou acolher as pessoas neste momento me deixa muito feliz. E um pouco ansioso também. A principal lembrança que eu tenho é do prazer imenso de realizá-la. Era uma história sempre instigante, com uma necessidade de encontrar um lugar de elegância e de popularidade, de romance e comédia, de suspense, um lugar policial. Foi uma novela muito especial”, relembra Luiz Henrique Rios.

Pedrinho Guimarães (Marcos Caruso) já foi o Rei da Noite do Rio. Hoje, o dono do luxuoso Carioca Palace, na orla de Copacabana, é a alma do hotel que herdou da família, mas para saldar suas dívidas precisa vendê-lo. O bon vivant faz negócio com Eric Ribeiro (Mateus Solano) e pensa em tudo: pede que os 40 milhões de dólares sejam pagos em dinheiro – distribuídos em quatro malas customizadas com suas iniciais “PWG” -, e reserva um jatinho para se mudar para Nova York com seu fiel mordomo, Nelito (Rodrigo Fagundes), e a neta, Luiza Guimarães (Camila Queiroz), que desconhece os planos do avô. Contando os minutos para sumir do Brasil, Pedrinho só não imagina  que o dinheiro sumirá do cofre do hotel na véspera da viagem. Um assalto milionário acontece durante o baile de gala de 25 anos de Luiza, e a festa se transforma em uma investigação policial, onde todos os envolvidos no evento são suspeitos e têm suas vidas impactadas.

Últimas notícias
Mais lidas