Bastidores da televisão, notícias da sua novela preferida e entrevistas com os principais atores

Ex-vilã infantil do SBT, Gabi Petry estreia na Globo em minissérie

Em Passaporte para Liberdade, ela interpreta Vivi Landau, uma cantora de cabaré de descendência judia

atualizado 08/12/2021 15:12

Gabi Petry em Passaporte para LiberdadeJoão Miguel Jr/Rede Globo/Divulgação

Gabi Petry faz sua estreia como atriz na TV Globo em Passaporte para Liberdade, que estreia no próximo dia 20. Na minissérie inédita, ela interpreta Vivi Landau, uma cantora de cabaré de descendência judia, que se envolve com Thomas Zumkle (Peter Ketnath), capitão das tropas de Hitler.

“Minha personagem se chama Taibele, mas ela usa Vivi como seu novo nome para poder seguir com a sua carreira artística. É uma mulher judia, forte e decidida, mas que tem que ocultar sua essência familiar para realizar o seu sonho. A produção é impecável e foi um trabalho minucioso de toda a equipe. Estou muito ansiosa”, conta.

Gabi se mudou com a família para Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, em 1999, e ficou por lá durante quase cinco anos, onde se formou em teatro musical e atuou em várias peças e musicais, até 2004, quando voltou ao Brasil. Por aqui, atuou nos musicais Peter Pan, Hair Spray, entre outros. Foi cantora da banda do Faustão, de 2011 a 2014, e em 2016, viveu a vilã Selene, em Carinha de Anjo, e, no ano seguinte, a Sophie, na novela As Aventuras de Poliana, ambas do SBT – que fizeram muito sucesso com o público infantil.

Além disso, a atriz virou celebridade no Irã, depois de ter atuado nas comédias Texas 1 e 2.

A história

A minissérie de oito capítulos conta a trajetória inspiradora de uma brasileira que entrou para a história mundial por ter salvado muitos judeus do nazismo. A trama traz Sophie Charlotte como protagonista, no papel de Aracy de Carvalho, e Rodrigo Lombardi como João Guimarães Rosa. Passaporte Para Liberdade, primeira produção da Globo em parceria com a Sony Pictures Televison, tem criação de Mario Teixeira, escrita por Mario Teixeira e Rachel Anthony, com direção artística de Jayme Monjardim, direção de Seani Soares e produção de Samantha Santos, Mariana Pinheiro e Fabiana Moreno.

Mais lidas
Últimas notícias