Marcas, ideias e pessoas que impactam no mundo da comunicação

5 passos para criar uma empresa com marca forte

"Vínculo não se cria do dia para a noite. Por isso, o processo de construção de marcas fortes é ação", afirma o professor Felipe Morais

atualizado 02/12/2022 12:11

Scott Graham/Unsplash

Pessoas compram um produto ou serviço apenas pela confiança na marca. Isso é o poder de uma marca forte. Mas como fazer isso? Você não precisa ser um especialista em gestão de marcas ou branding para valorizar o seu negócio e ser reconhecido pelo que entrega, independentemente do valor.

Primeiro, é preciso entender que conexão emocional da marca com as pessoas passa por um relacionamento que se fortalece a longo prazo. Quanto mais as marcas entenderem comportamentos, maiores serão os vínculos que elas vão criar com as pessoas.

O vínculo não se cria do dia para a noite. Por isso, o processo de construção de marcas fortes é ação. Execução. Testar, cair, errar, levantar e acertar. Confira abaixo, os conselhos essenciais para que você desenvolver negócios com marca forte e atraente.

1 – Descubra quem é o seu público

O mais importante para uma marca é saber quem é seu público. Isso não se resume a classe social, sexo, idade e salário. Temos que ir além, entender comportamentos e tendências. Para isso, fazemos muitas pesquisas, sejam on-line e nos PDVs. Traçar as personas é fundamental. Para vender bem, é preciso saber para quem estamos vendendo.

2 – Entenda qual a promessa da sua marca

O que a sua empresa promete? E se o que ela promete, ela cumpre? Isso vale para produtos, serviços, atendimento e pós-venda. Confiança vem quando as partes cumprem o que prometem. A Apple é o que é, porque seus produtos “pensam diferente”, como ela promete em seu slogan.

3 – Como você quer que as pessoas vejam a sua marca?

Se uma pessoa olhar uma Montblanc como uma caneta: é caro! Se a mesma pessoa olhar a mesma caneta como um item de luxo: é barato! A pergunta que você deve responder a si mesmo é como as pessoas devem perceber a sua empresa? Essa resposta faz toda a diferença.

4 – Tenha bem definido qual o seu propósito

As novas gerações querem saber o que as marcas fazem pelo mundo. Pelas pessoas, pela sociedade em volta, porque fazem o que fazem. Produtos são commodities. Marcas não. O propósito da empresa é o que dá a alma da marca. “Uma marca sem propósito, é uma marca sem alma”, já dizia Jaime Troiano.

5 – Deixe o posicionamento da sua marca bem claro

Por que as pessoas devem comprar a sua marca? A Coca-Cola abre a felicidade. Omo diz que se sujar faz bem. Marisa já foi de mulher para mulher. E o que a sua empresa é? Não tenha vergonha ou medo de declarar abertamente o que o seu negócio pode entregar de benefícios para o consumidor.

Felipe Morais é autor do livro Brand Canvas, publicado pela DVS Editora, é especialista em planejamento estratégico e branding. Já atendeu clientes como Mercedes-Benz, Coca-Cola, Pirelli, Novartis, Bradesco, Caixa Econômica, Puma, Chevrolet e Nestlé. É professor de cursos livres e MBAs na ESPM, FGV, Faap, Belas Artes, Senac, A Nova Escola de Marketing, Trampos Academy e Academia de Marketing.

Mais lidas
Últimas notícias