Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

Roberta Miranda recorre de sentença dada a segurança de Gusttavo Lima

“A decisão não é definitiva. O advogado estará recorrendo da decisão a fim de se estabelecer a verdade dos fatos", disse ela

atualizado 21/05/2021 18:32

Reprodução

Roberta Miranda foi condenada a pagar R$10 mil por danos morais ao segurança do cantor Gusttavo Lima, Paulo Sérgio de Morais, na última quarta-feira(19/5). A cantora teria proferido palavras ofensivas contra ele durante um show do sertanejo, em 2019, além de xingamentos nas redes sociais. A cantora entrou em contato com a coluna informando que a ação não é a final e que irá recorrer da decisão.

“A decisão não é definitiva. O advogado Dr. Ortelio Viera estará recorrendo da decisão a fim de se estabelecer a verdade dos fatos: ‘que a cantora Roberta Miranda foi ofendida, em primeiro lugar, e que o juiz não respeitou o direito de defesa de produzir provas. O departamento jurídico da artista esclarece que ela foi ofendida em primeiro lugar e também tem direito a uma indenização, o que não foi apreciado pelo juiz,” informou.

0

A sentença é do Juiz Eduardo Walmory Sanches, do 2º Juizado Especial Cível da comarca de Aparecida de Goiânia. Ele entendeu que a “abordagem negativa em torno da pessoa reclamante feito pela reclamada em suas redes sociais repercutiu em ofensa à honra e ao decoro do reclamante”.

Paulo, o segurança, afirmou que, durante o evento ocorrido, Roberta Miranda exigiu entrada no camarim do cantor. O funcionário impediu a entrada dela pois havia recebido ordens médicas e expressas para não permitir que ninguém visse o cantor, pois Gusttavo se recuperava de um mal estar.

Últimas notícias