Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

Na volta à TV, Faustão leva Band ao segundo lugar de audiência

Apresentador faz estreia sem surpresas, mas acertou ao exibir exatamente aquilo que o público se acostumou a esperar de seus programas

atualizado 18/01/2022 18:34

Faustão na Band EstreiaReprodução

Ao lado do filho, João Guilherme, e da jornalista Anne Lottermann, Fausto Silva voltou à cena nesta segunda-feira (17/1). “Trinta e três anos depois, estou de volta à casa do meu coração, a Band”, derramou-se o apresentador, muito aplaudido pelo auditório presente no programa que marca o retorno do ex-global à TV. De acordo com dados prévios, a audiência reagiu à expectativa criada pela maior mudança no horário nobre da televisão brasileira em décadas e fez a emissora da família Saad saltar para longe do traço habitualmente registrado quando a faixa era ocupada por programas religiosos.

Logo nos minutos iniciais, ficou evidente que a Band abriu o bolso para oferecer ao novo astro uma atração que não deixe nada a desejar ao Domingão do Faustão. Na plateia, 500 lugares compõem aquilo que Fausto Silva apresentou como “o maior auditório da televisão brasileira”. No palco, as bailarinas, fiéis companheiras do comunicador. E, logo no começo, mais um clássico: antes chamados de videocassetadas, os vídeos que registram tombos, sustos e perrengues agora surgem rebatizados: são as cassetadas do Faustão.

0

O jingle usado na abertura do quadro das cassetadas é o mesmo utilizado na época da Globo. “Sorria, tira a tristeza dessa cara”, diz a música, que reforça a estratégia explicitada por Fausto logo nos momentos iniciais da estreia. O quadro será exibido sempre nos minutos iniciais da atração. Ou seja: contra a aridez do noticiário do Jornal Nacional, Faustão vai apostar na graça.

Zeca Pagodinho foi a grande atração da estreia, conforme antecipado pela coluna LeoDias. Acompanhado por uma banda com traje de gala, o sambista cantou grandes sucessos e fez até mesmo Fausto ser flagrado pelas câmeras do programa, também balbuciando versos dos sucessos do artista. Entre as músicas, lembranças de causos antigos, imagens dos tempos do Perdidos na Noite, programa que Faustão apresentava na Band há três décadas e que projetou o nome do comunicador para o estrelato.

Alexandre Pires e Seu Jorge também se apresentaram na estreia, reforçando o compromisso de Fausto Silva de valorizar a música brasileira. Afinal, ele não cunhou o bordão “Quem sabe faz ao vivo” à toa, né?

Filho do apresentador, João Guilherme ainda aparece pouquíssimo à vontade diante das câmeras e suas intervenções soam excessivamente ensaiadas. Experimentada em TV, Anne Lottermann está mais segura e solta, embora o roteiro do Faustão na Band ainda pareça “fazer o programa parar” para que ela e João possam honrar o título de co-apresentadores da atração.

Nas redes sociais, o comentário era um só: todos com a impressão de que a estreia desta noite tinha provocado uma quebra no calendário. De repente, era como se a Band tivesse enfiado um domingo no meio da noite de segunda, tamanha a identificação de Fausto Silva com o dia mais nobre do calendário televisivo brasileiro. Mérito dele, que trilhou uma trajetória muito bem-sucedida ao longo dos 32 anos em que reinou no Domingão. De olho no público saudoso, apresentador e equipe certamente se empenharam para oferecer aos fãs exatamente aquilo que eles se habituaram a ver na antiga emissora.

A decisão, acertada, lembra que inovar nem sempre é um acerto. Festejado nesta volta à TV, Fausto Silva escancara algo que precisa ser dito: há, sim, lugar para a tradição na televisão aberta.

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga @leodias no Instagram.

Agora também estamos no Telegram! Clique aqui e receba todas as notícias e conteúdos exclusivos em primeira mão.

Mais lidas
Últimas notícias