Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

DJ Ivis é indiciado por mais dois crimes contra a ex-esposa, Pamella

Produtor vai responder também por ameaça e injúria no âmbito da violência doméstica, segundo a Polícia Civil do Ceará

atualizado 28/07/2021 14:32

Pamella Holanda e Dj IvisReprodução

Indiciado pela Polícia Civil do Ceará, DJ Ivis vai responder por mais dois crimes, além de lesão corporal: ameaça e injúria no âmbito da violência doméstica. O produtor está preso desde o dia 14 de julho, em Fortaleza, após a divulgação, pela coluna Leo Dias, de imagens agredindo a ex-mulher, Pamella Holanda.

“A Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) informa que concluiu, no último dia 22, e remeteu ao Poder Judiciário do município do Eusébio o inquérito policial que investigava uma ocorrência no âmbito de violência doméstica registrado, no último dia três deste mês. Com a conclusão das investigações, o suspeito foi indiciado pelos crimes de lesão corporal, ameaça e injúria no âmbito da violência doméstica”, diz nota oficial.

0

No dia 15 de julho, os advogados de DJ Ivis entraram com dois pedidos na Vara Criminal de Eusébio, em Fortaleza, mas ambos foram negados pela justiça. O primeiro pedia o relaxamento de prisão (quando tenta alegar que foi uma prisão ilegal ou arbitrária); e o segundo solicitava a liberdade provisória do DJ com ou sem fiança.

Depois que vieram à tona, no domingo (25/7), imagens de DJ Ivis ferido após uma suposta briga com Pamella, no dia 12 de março, no apartamento do agora ex-casal, a arquiteta resolveu se pronunciar. Logo após dizer à coluna Leo Dias que nunca viu o produtor como ele aparece nas fotos, ela revelou que entrou, no sábado (24/7), com pedido de apreensão do celular do produtor.

Pamella explicou que a divulgação das imagens, que foram expostas pelo jornalista Luiz Bacci, fere a medida protetiva, obtida em 4 de julho. “De acordo com a decisão, pode ser ele ou algum intermédio a mando dele, que fere do mesmo jeito”, disse.

Na época das fotos, o produtor procurou a polícia e denunciou o caso. O material foi entregue à defesa momentos antes da prisão do DJ, no dia 14 de julho, por agressões à arquiteta.

Últimas notícias