Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

Barraco de família: mãe de Ludmilla denuncia pai da cantora por chantagem e ameaça. Entenda

A coluna conversou com Silvana Oliveira, mãe da cantora: "Ele não quer o amor da filha, só quer o que ela pode proporcionar”, disse ela

atualizado 02/03/2021 15:16

Silvana Oliveira, mãe de Ludmilla, é super conhecida entre os fãs da cantora e sempre se mostra uma grande parceira da filha. Já o pai da artista, Luiz Antônio da Silva, sempre foi assunto proibido e motivo de mistério. Viciado em jogo, ele foi preso oito vezes pelo crime de furto e roubo desde que a cantora era recém-nascida — por isso, ela teve pouco contato com ele enquanto crescia. Quem Lud sempre considerou como pai foi o irmão de sua mãe, seu tio China.

Na última condenação do pai, ele recebeu a ajuda de Ludmilla, que pagou advogados para tirá-lo da cadeia e montou uma casa para ele. Mesmo assim, Luiz vendeu tudo o que havia ganhado e agora ameaça expor a história na mídia. Ele procurou a filha e a ex-mulher pedindo dinheiro, o que obrigou Silvana a fazer um boletim de ocorrência por ameaça e foi orientada pelo próprio delegado que Luiz não pararia mesmo com o pedido de distanciamento.

Procuramos Ludmilla, que preferiu não falar sobre o pai. Falamos então com dona Silvana Oliveira que, a princípio, relutou em falar sobre o pai da filha, mas acabou conversando com exclusividade para a coluna.

0

“O Luiz foi preso quando a Ludmilla tinha 1 mês e 13 dias. A gente estava junto na época, eu ia visitá-lo, levava ela pequenininha para vê-lo. Mas, no decorrer do tempo, percebi que as conversas eram sempre as mesmas e que ele não ia mudar. Ele ficou quatro anos preso e decidi me separar faltando quatro meses para a libertação. Depois disso, ele já foi preso outras sete vezes”, contou Silvana.

Recentemente, Ludmilla contratou uma advogada para defender seu pai e conseguiu a liberdade dele, mesmo havendo mais sete anos de condenação para cumprir. “Ela recebeu uma carta dele e decidiu ajudar. Quando o pai saiu da prisão, Ludmilla montou uma casa. Mas ele tem um vício em jogo muito forte e vendeu tudo. Aí, ela me pediu para comprar tudo de novo”, disse a mãe da cantora.

Preocupada com o pai, Ludmilla começou a dar dinheiro para ajudá-lo. “No mês que ele saiu da cadeia, ela deu R$ 9 mil na mão dele. Depois, passou a dar R$ 1,8 mil por mês. Eu avisei que ela estava tratando de forma errada, mas ele ganhava a Ludmilla pelo cansaço. Pedia e ela dava. Mas nunca estava satisfeito, até que ela cansou e decidiu que não queria mais contato”, afirmou Silvana.

“Eu tomei as rédeas de tudo e passei a depositar. Mas ele fica espalhando que a Ludmilla não o ajuda, que está passando fome, e isso deixa minha filha muito chateada. Decidimos que não daríamos mais nada. Ele é jovem ainda, é forte, pode arranjar um emprego para cuidar da vida dele. Na nossa casa, todo mundo trabalha, até a avó dela”, comentou a mãe de Lud.

“Ele não quer o amor da filha”

Desde então, Luiz procura a ex-mulher e a filha pedindo dinheiro. “Há cinco meses, vivo um inferno. Agora, ele arrumou uma advogada e está ameaçando procurar a imprensa, dizendo que está passando fome e com depressão, que só quer um abraço da filha. Mas como ele tem dinheiro para pagar advogada se não tem dinheiro nem para comer?”, questionou.

“Nas mensagens que me manda, o Luiz até pergunta pela Ludmilla. Mas, no fim das contas, pede dinheiro. Já tive que registrar um boletim de ocorrência porque ele fica rondando a nossa casa. Pedi distanciamento, mas o próprio delegado me orientou que ele não deve parar mesmo com essa medida. Luiz chegou a ir até a porta dos estúdios Globo atrás da Ludmilla, que ficou muito abalada”, contou a mãe da funkeira, que tem ainda outros dois filhos, Luane e Yuri, fruto de outras relações.

Silvana revelou ainda que, quando criança, Ludmilla chegou a procurar o pai escondida, mesmo quando Luiz estava distante. “A única vez em que ele me ajudou em um aniversário dela foi no de 3 anos. São as únicas fotos de festa que ele tem com ela. Fora isso, sempre estava preso ou distante. Mesmo assim, a Ludmilla era doida por ele quando pequena. Nem imaginava que minha filha fosse sentir tanta falta dele. Tinha épocas em que ela procurava o pai sem eu saber e ele se escondia dela”, comentou Silvana.

Segundo Silvana, Luiz a acusa de não permitir que Ludmilla tenha contato com ele. “Ele acha que sou eu que proíbo. Mas ela não é mais uma criança, é uma mulher de 25 anos. Eu nem poderia proibir. Ludmilla é maior de idade. Foi ele quem criou essa barreira. Ele tem outros filhos, mas acha que a Ludmilla tem que bancar ele. Pediu casa, carro e moto e disse que estava decepcionado porque ela não deu. Mas o que ele fez para merecer isso tudo? Ele não quer o amor da filha, só quer o que ela pode proporcionar”, garante.

A coluna procurou os representantes de Luiz, da Advocacia Daniele & José, para saber a sua versão da história, que enviaram a seguinte nota:

“O Luiz está passando por uma crise terrível de depressão. Estou tentando fazer com que a mãe da Ludmila deixe que a filha o encontre. O Luiz sempre foi um bom pai, só esteve ausente no tempo em que esteve preso e, talvez por isso, a família se envergonhe dele. Ele tem fotos que comprovam que sempre esteve presente na vida da filha. É lamentável toda esta situação. Ele se encontra com depressão, muito triste e desorientado e está passando necessidades básicas, como alimento diário, pois para um ex-presidiário, mesmo já tendo pago toda a dívida com a Justiça, é complicado arranjar trabalho. O Luiz não pede dinheiro. Ele pede atenção e um encontro com a filha, que nega a possibilidade.”

Últimas notícias