Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

“Ajuda quem não tem condição”, diz assessoria de Gracy sobre sorteios

A coluna buscou um profissional de marketing para entender sobre como táticas atraem as celebridades

atualizado 29/03/2021 18:58

Gracyanne BarbosaReprodução

Nos últimos tempos, não está sendo difícil ver famosos no Instagram oferecendo prêmios para seus seguidores . É uma enxurrada de celebridades que vai desde Gracyanne Barbosa a Flávia Pavanelli. A última publicação de Gracy oferecendo prêmios bateu, em 12 horas, mais de 168 mil comentários em busca da sorte. “O que sempre motivou a fazer sorteio para o público dela é a possibilidade de ajudar pessoas que não tem condições de comprar, de repente, um produto ao qual ela faz a propaganda. É uma forma de agradecimento aos meus seguidores”, disse a assessoria de Gracyanne.

A coluna buscou um profissional de marketing e redes sociais para entender sobre como essas apostas, sorteios e bolões engajam e atraem as celebridades.

0

Esse tipo de ação ajuda nos resultados de insights de engajamento. Como está cada vez mais caro entregar organicamente, o uso de estratégias de sorteio é muito comum e cada vez maior, já que em uma ação como essa é possível ter diferentes parceiros que vão ganhar novos seguidores”, disse Mayara Brum, gerente de marketing de uma empresa varejista e com dez anos de experiência no mercado.

Ainda segundo ela, “o intuito destes sorteios é atrair um público que, no mercado digital, é conhecido como semelhante e atrair seguidores de outros seguidores,”. Ou seja, trazer pessoas de outros perfis. Mas a tática também tem revezes. “Se o seu produto/serviço for para um público especifico, você acaba atraindo números e não um lead quente que você consiga converter em cliente. Além disso, é o alto numero de perfis fakes que surgem por meio dessas ações,” completa Brum.

“O fato é que sorteios e prêmios gerarem uma grande comoção e um movimento maior do que o normal nas redes. O custo para as empresas é apenas o valor dos prêmios. O custo é zero para as celebridades pois são os patrocinadores que bancam. A celebridade ganha dinheiro por gerar engajamento para o patrocinador”, diz Sabrina Brito, CEO da Simples Agência.

 

Últimas notícias