Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

Empresário divulga carta enigmática após ser rifado em chapa ao Senado

Dono da União Química, Fernando Marques esperava ser candidato na chapa majoritária, mesmo como suplente, mas perdeu a vaga do Progressistas

atualizado 05/08/2022 17:53

Entrevista com o Dono da farmacêutica União Química, Fernando MarquesGustavo Moreno/Metrópoles

Dono da União Química, o empresário Fernando Marques jogou a toalha, nesta sexta-feira (5/8), sobre a expectativa de integrar a chapa majoritária para a reeleição do atual governador Ibaneis Rocha (MDB).

Marques condicionou a sua filiação ao Progressista com a indicação de disputar o Senado Federal ou a suplência da Casa. Contudo, a deputada Flávia Arruda (PL), escolhida para a vaga, exigiu indicar tanto o primeiro quanto o segundo suplente.

O senador capixaba em exercício Luiz Pastore (MDB), que foi eleito primeiro suplente da senadora Rose de Freitas (MDB-ES), está cotado como o primeiro suplente de Flávia. O martelo, contudo, ainda não foi batido pela congressista.

Na carta, o empresário conta a trajetória e lembra que estreou na vida eleitoral em 2018, quando disputou o Senado Federal na chapa encabeçada pelo ex-governador Rogério Rosso (PP). Antes, tanto Marques quanto Rosso deixaram de participar da convenção do próprio partido.

“A convite do Partido, me filiei ao Progressistas do DF. Naquele momento tinha recebido uma série de outros convites para sair candidato por outros estados ou partidos , porém meu compromisso e amor por Brasília jamais me permitiriam concorrer por outro estado da Federação. Tenho compromisso inabalável por Brasília”, escreveu.

Embora já tenha recebido o sinal de que estará fora da composição majoritária, Fernando Marques finaliza o texto em tom de esperança. “Seja como for, candidato ou não , estarei sempre ao lado da população de Brasília e do Brasil. Disso jamais abrirei mão”, finalizou.

Leia a carta na íntegra:

“Brasília, 5 de agosto de 2022.

Carta aberta ao Progressitas DF

Cheguei em Brasília nos anos 80. De tanto amar a minha capital, a capital de todos os brasileiros , decidi , além de morar , também construir 2 das mais modernas industrias de medicamentos do Brasil – ambas localizadas no Polo JK, em Santa Maria DF. Nelas , emprego mais de 2 mil trabalhadores . Pelo esforço, empenho e competência de cada um deles , nossas unidades de Brasília são reconhecidas como as mais eficientes do setor farmacêutico da América Latina.

Aqui em Brasília aprendi a importância da boa Politica como instrumento transformador da sociedade e por isso concorri a minha primeira eleição ao Senado em 2018 , onde tive a honra de receber quase 130 mil votos em todas as cidades do DF.

Quando veio a pandemia da covid-19 não fiquei passivo . O Brasil não podia ficar tão dependente de empresas estrangeiras fabricantes de vacinas e insumos . Precisávamos tomar medidas para combater a pandemia .Precisávamos trabalhar pela menor dependência do Brasil nesse setor.

Resolvi investir, em nossa unidade de biotecnologia de Brasília, na produção de uma vacina contra a Covid 19 – e ainda em 2020 produzimos , em tempo recorde , o primeiro lote de bancada de um imunizante totalmente produzido em território nacional. Brasília foi a primeira cidade em toda a América Latina a produzir uma vacina para enfrentar a pandemia. Além disso, nossas unidades de São Paulo e Minas Gerais produziram praticamente 50% de todos os medicamentos utilizados nas UTIs covid de todo o Brasil.

A convite do Partido, me filiei ao Progressistas do DF. Naquele momento tinha recebido uma serie de outros convites para sair candidato por outros Estados ou partidos , porém meu compromisso e amor por Brasília jamais me permitiriam concorrer por outro Estado da Federação. Tenho compromisso inabalável por Brasília.

Com tantos desafios e incertezas no campo da economia e das relações sociais, nossa Brasília precisa de inovação, empreendedorismo, tecnologia, apoio as atividades produtivas , além de voltar a ser referência na prestação de serviços públicos de alta qualidade. Brasília precisa de representantes preparados, honestos e compromissados com nossa cidade:

Seja como for, candidato ou não , estarei sempre ao lado da população de Brasília e do Brasil. Disso jamais abrirei mão.

Contem sempre comigo,

Fernando de Castro Marques”

Mais lidas
Últimas notícias