Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

Aos 81 anos, morre fundador do PSDB-DF Antônio Barbosa

Barbosa sofria de fibrose pulmonar e estava internado no Hospital Santa Lúcia, em Brasília

atualizado 13/06/2021 19:44

Antônio BarbosaMaterial cedido ao Metrópoles

Antônio Luiz Barbosa, um dos fundadores do PSDB-DF, morreu neste domingo (13/6) aos 81 anos. Ele sofria de fibrose pulmonar, doença degenerativa, e estava internado no hospital Santa Lúcia, em Brasília. Após longo tratamento, no entanto, acabou não resistindo à doença. Teve uma parada cardiorrespiratória e o óbito foi confirmado no início da tarde.

Barbosa foi secretário de Meio Ambiente do DF na gestão do ex-governador Joaquim Roriz. Ele era formado em direito, e também foi diretor da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do Distrito Federal (Adasa). Atuou em diversos cargos dentro do PSDB. Como secretário-geral da sigla, foi um dos responsáveis por apoiar a candidatura do hoje governador de Brasília, Ibaneis Rocha (MDB).

Em 2018, junto com integrantes do PSDB, Barbosa deixou o apoio a Alberto Fraga (DEM), aliado do presidente do ninho tucano local, senador Izalci Lucas, e seguiu para o lado do candidato vitorioso emedebista. Ainda não há confirmações para o horário do velório e sepultamento do corpo de Antônio Barbosa.

Ao Metrópoles, a ex-governadora Maria de Lourdes Abadia (sem partido) lamentou a perda do ex-correligionário. “Ontem fiquei muito triste com a morte do[ex-vice-presidente] Marcos Maciel, meu grande amigo. Agora, a despedida do querido Barbosa. Todos os dias uma triste notícia”, disse.

Presidente do Parque Tecnológico de Brasília (Biotic), Gustavo Dias Henrique afirmou à coluna que a morte do ex-líder tucano deixa uma lacuna na cena política da cidade.

“Lamento muito o falecimento desse homem que nos ensinou demais, sempre com equilíbrio e amizade, na época da juventude do PSDB. Ele me lançou e me incentivou no movimento juvenil partidário naquele momento. Doutor Barbosa foi o braço direito do ex-deputado constituinte e ex-presidente do PSDB-DF, o saudoso Geraldo Campos”, afirmou.

“Meu pai, Antônio Henrique, também fundador do PSDB e pioneiro na fundação de Brasília, os acompanhou nos movimentos dos servidores do DF desde a década de 1970. Uma perda inestimável para a cidade onde ocupou com tanto amor diversos cargos públicos relevantes, sempre com dedicação e muita ética”, disse.

Pesar

No Instagram, o secretário de Economia do DF, André Clemente, também lamentou a morte do também auditor fiscal Antônio Luiz Barbosa.

Ele foi presidente da Associação dos Auditores Tributários do DF (AAFIT) por vários mandatos e trabalhou incansavelmente pela carreira e pela melhoria constante do serviço público.

“Em nome da Secretaria de Economia do Distrito Federal, me solidarizo aos familiares e amigos”, afirmou.

Últimas notícias