Por Ilca Maria Estevão, Rebeca Ligabue, Hebert Madeira e Sabrina Pessoa

Paris Fashion Week: programação digital começa nesta segunda (6/7). Confira

Chamado de Whispers of Paris, evento on-line dedicado à alta-costura e ao menswear reunirá dezenas de grifes nos próximos dias

atualizado 05/07/2020 13:34

Desfile de Iris Van HerpenVittorio Zunino Celotto/Getty Images

No início da pandemia, os eventos franceses destinados aos segmentos masculino e de alta-costura, que normalmente acontecem entre junho e julho, chegaram a ser cancelados. Todavia, após especialistas e estilistas começarem a questionar a capacidade de reinvenção das semanas de moda, com grifes de grande importância ameaçando abandonar o formato, a Federação de Alta-Costura e Moda decidiu deixar o tradicionalismo de lado para investir no Whispers of Paris, primeira versão completamente digital do Paris Fashion Week, que acaba de ganhar uma extensa programação de desfiles e ações entre os dias 6 e 13 de julho.

Vem comigo saber quando serão os shows mais aguardados do projeto!

Giphy/Balmain/Divulgação

Como adiantamos neste sábado (4/7), a etiqueta francesa Balmain tomará as águas do rio Sena com um espetáculo que abrirá alas para as primeiras edições on-line da semana de moda de Paris, a acontecerem entre os dias 6 e 13 de julho, em duas plataformas criadas exclusivamente para a iniciativa Whispers of Paris.

A Federação de Alta-Costura e Moda, que coordena os grandes eventos da moda francesa, anunciou uma série de acordos com YouTube, Google, Instagram e Facebook para garantir a difusão da plataforma nas redes sociais, além de assinar uma parceria com a Launchmetrics para desenvolver um novo centro digital que será implementado nas ações da organização nas próximas temporadas. Enquanto os shows de alta-costura acontecem entre 6 e 8 de julho, a temporada masculina irá ao ar de 9 a 13 do mesmo mês.

Desfile Outono/Inverno 2018 da Chanel
O Whispers of Paris é a primeira edição digital do Paris Fashion Week e englobará os segmentos masculino e de alta-costura

 

Desfile da Givenchy
As maisons mostrarão suas novidades entre os dias 6 e 8 deste mês

 

O menswear será exibido dos dias 9 a 13 do mesmo mês

 

Haute Couture

No setor mais exclusivo da indústria fashion, 33 marcas mostrarão suas novidades no decorrer da programação. No primeiro dia, o mais movimentado, os destaques são a Schiaparelli, que exibirá um curta-metragem às 5h (horário de Brasília); Iris van Herpen, às 6h; Christian Dior, às 9h30; Ralph & Russo, às 10h; e Giambattista Valli, às 14h30.

Na terça-feira (7/7), as apresentações mais aguardadas são a da Chanel, às 7h; e da Alexandre Vauthier, às 11h30. Fechando o cronograma da alta-costura, no dia seguinte, temos a Maison Margiela, às 5h; Elie Saab, às 7h30; Viktor & Rolf, às 11h; e Valentino, às 13h.

A Givenchy, que acaba de nomear um novo diretor criativo após o término do contrato de Clare Waight Keller, não participará da temporada virtual, assim como a Jean Paul Gaultier, que exibiria o resultado de sua parceria com Chitose Abe, da Sacai. Em janeiro, as labels retomam seu lugar no calendário.

À medida que a imprensa já começa a receber por e-mail os convites para as ações, a expectativa é que a maioria das maisons abram suas apresentações ao público. Na China, por exemplo, o Paris Fashion Week recorreu à Hylink, maior agência de comunicação digital independente do país, para difundir os desfiles virtuais nas redes sociais de lá.

Desfile da Schiaparelli
A Schiaparelli exibirá um curta-metragem às 5h do dia 6 de julho

 

Desfile Iris Van Herpen
Iris van Herpen se apresenta no mesmo dia, às 6h

 

Desfile Christian Dior
Às 9h30, é a vez da Christian Dior

 

Desfile Ralph & Russo
A Ralph & Russo é o próximo destaque, às 12h

 

Desfile Giambattista Valli
Giambattista Valli finaliza o dia de abertura, às 12h30

 

Desfile da Chanel
A Chanel é a grife mais aguardada do segundo dia, entrando às 7h da manhã (horário de Brasília)

 

Desfile Maison Margiela
No dia 8 de julho, a Maison Margiela inicia a programação, às 5h

 

Desfile da Elie Saab
O show de Elie Saab é logo depois, às 7h30

 

Desfile da Givenchy
A Givenchy pulará esta temporada

 

Desfile Jean-Paul Gaultier
Assim como a Jean-Paul Gaultier, que exibiria o resultado de sua parceria com Chitose Abe, da Sacai

 

Moda masculina

No segmento masculino, a aderência ao novo formato foi ainda maior, com 68 eventos programados para o fim desta semana. A Études, etiqueta que investe em colaborações com marcas conhecidas, como Adieu, Porter, Keith Haring e Wikipedia, abre o calendário de menswear na próxima quinta-feira (9/7), às 5h (horário de Brasília). JW Anderson, às 8h, e Berluti, que encerra o primeiro dia do evento digital, às 12h, também são destaques.

Na sexta-feira (10/7), os shows mais aguardados são de Issey Miyake, às 6h30; Louis Vuitton, às 9h30; Ungaro, às 11h; Rick Owens, às 13h; e Dries van Noten, às 14h. No dia seguinte, os holofotes são todos da Balmain, que, a partir das 15h30, tentará superar a bela apresentação de outono/inverno 2020.

Loewe, às 7h; e Hermes, às 15h, são as grandes estrelas do quarto dia, enquanto, na segunda-feira (13/07), Lanvin (às 5h), Dior (às 9h30), Thom Browne (às 10h), e Lemaire (às 14h30) formam o time de highlights do encerramento.

Desfile da Louis Vuitton
Desfile masculino da Louis Vuitton é no dia 10, às 9h30

 

Rick Owens
Rick Owens se apresenta no início da tarde, às 13h

 

Desfile Dries van Noten
A grife Dries Van Noten entra na sequência, às 14h

 

Desfile da Balmain
A Balmain é o grande destaque do terceiro dia, a partir das 15h30

 

Desfile Loewe
A Loewe mostrará suas novidades em 12/7, às 7h

 

Desfile Hermes
Show da Hermès é no mesmo dia, às 15h

 

Desfile da Lanvin
A Lanvin entra em cena às 5h do dia 13/7

 

Desfile Dior Homme
A Dior será no mesmo dia, às 9h30

 

Oito novas marcas estrearão no evento de moda masculina em sua chegada ao mundo digital. A japonesa Kolor, a já renomada Isabel Marant, a portuguesa Ernest W Baker, as norte-americanas Kidsuper e Reese Cooper, além das menos conhecidas Alled-Martinez, CoolTM e Egonlab, viram na ação uma oportunidade de desbravar o mercado internacional. A Dunhill House, por sua vez, deixa de ser etiqueta convidada e passa a integrar os calendários oficiais como membro da Federação de Alta-Costura e Moda.

Uma revista virtual, criada em colaboração com o Institut Français de la Mode, oferecerá conteúdos adicionais, como entrevistas, bastidores e debates aos espectadores, mas as ações paralelas aos desfiles não param por aí. Os organizadores do Paris Fashion Week  prometeram diversas conferências, conversas, shows e visitas culturais, algumas restritas à mídia especializada.

O Sphère, showroom da federação francesa dedicado aos novos talentos, também será reinterpretado para as plataformas digitais durante a programação masculina do Whispers of Paris. “Estamos no auge desta revolução digital que foi acelerada pela crise da Covid-19. A ações digitais nunca substituirão os eventos presenciais, mas enriquecerão e ampliarão bastante as experiências criativas e de comunicação”, afirmou Pascal Morand, presidente executivo da FHCM, reafirmando o retorno dos shows físicos em setembro.

Desfile Isabel Marant
Isabel Marant agora faz parte da semana de moda masculina

 

Campanha Dunhill
A Dunhill House passou a integrar os calendários oficiais como membro da federação

 

Os conselhos de moda de Londres, Paris e Milão, que apostaram no planejamento de semanas de moda digitais para junho e julho, preferiram recorrer a plataformas próprias para transmitir os desfiles virtuais. Porém, existem dúvidas sobre os novos espaços.

Os maiores influenciadores da indústria se mantêm em silêncio perante às iniciativas, ao passo que a semana de moda digital inglesa não teve uma boa resposta em termos de audiência. Pouco se comentou sobre o que aconteceu entre os dias 12 e 14 de junho no portal do British Fashion Council.

De olho nisso, o Instagram, uma plataforma com dados comprovados e que já reúne um número considerável de usuários, lançou um guia para transmitir desfiles na rede social, na esperança de que as grandes grifes do universo fashion migrem para o aplicativo. A Milão Fashion Week, que também irá reunir ações em seu endereço, acontece logo após o Whispers of Paris, entre 14 e 17 de julho.


Colaborou Danillo Costa 

Últimas notícias